Pular para o conteúdo principal

Defur desbarata quadrilha de assaltantes que agia na Grande Natal

No domingo, bando rendeu dois vigilantes da Ceasa e invadiu uma empresa de hortifrutigranjeiros, roubando dois cofres com dinheiro e cheques.

Por Redação
Divulgação/ Degepol
Policiais civis da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur) prenderam nesta segunda-feira (12) quatro integrantes de uma quadrilha de assaltantes. No domingo, o bando rendeu dois vigilantes da Ceasa e invadiu uma empresa que comercializa hortifrutigranjeiros, roubando dois cofres com dinheiro e cheques.

Um dos bandidos trabalhava fazendo “bicos” na Ceasa. Outro é fugitivo da Penitenciária de Alcaçuz. Foram apreendidos cerca de R$ 200 mil em espécie, quatro revólveres calibre 38 e munições.

A titular da Defur, Sheila Freitas, explicou que a equipe de investigação teve acesso as imagens do circuito interno do estabelecimento. Nela aparecem três bandidos, sendo um deles com capuz e manco de uma perna. A polícia identificou os assaltantes e, pela manhã, começou as diligências para localizá-los.


Ricardo César Dias Teixeira, o “Irmão” (FOTO), foi o primeiro a ser detido. Ele trabalha fazendo bicos na Ceasa e, segundo os investigadores, foi o mentor intelectual do assalto. “Irmão” tem passagem por tráfico e posse de arma. “Como era conhecido, ele usou o capuz para abordar os vigilantes”, disse o chefe de investigações, Marcos Castro.

Ao ser detido, “Irmão” confessou que cinco homens participaram do roubo. Por volta da meia noite, o bando rendeu os dois vigilantes da Ceasa. As vítimas não portavam armas. Elas foram amarradas e obrigadas a entregar as fardas aos bandidos.

“Irmão” e os assaltantes Marcelo Salustiano, Aldeci Virgílio da Silva e Bruno Pamplona de Oliveira Menezes, 25 anos, que é fugitivo de Alcaçuz, arrombaram a empresa. Lá, eles reviraram as gavetas atrás de dinheiro e localizaram dois cofres pesadíssimos. Aldeci Virgílio tem passagem pelo 14º Distrito, em Felipe Camarão, por homicídio ocorrido em 2007. As quatro armas estavam na casa de Marcelo Salustino.

Os cofres foram colocados em cima da caçamba de uma Pampa pertencente às vítimas e, em seguida, os bandidos fugiram. O carro foi abandonado em Parnamirim totalmente queimado e o dinheiro rateado entre os marginais. Em depoimento aos policiais da Defur, Bruno Pamplona contou que ficou com cerca de R$ 90 mil.

Ele escondeu o dinheiro na casa dele e nos pais. A polícia recuperou com ele R$ 49.100,00. “O resto ele disse que gastou. Parte do dinheiro roubado das vítimas era proveniente da venda de um caminhão”, contou a delegada.

Os quatro presos foram autuados em flagrante delito nos crimes de roubo qualificado, formação de quadrilha, porte ilegal de armas e dano – pelo fato deles terem ateado fogo no veículo das vítimas. A polícia acredita que a partir da prisão da quadrilha outros crimes poderão ser esclarecidos. O montante roubado da empresa não foi contabilizado, mas as vítimas contaram que o dinheiro tinha sido proveniente da venda de um caminhão.

Fonte: nominuto.com

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica