Pular para o conteúdo principal

Pombalenses são presos no estado de São Paulo acusados de tentar roubar uma joalheria


(Ary Muniz da Silva)
O Paraibano da cidade de Pombal-PB Ari Muniz da Silva, 30 anos (foto acima) que já havia fugido de uma Cadeia Mineira de Pirapora-MG e após ser preso no estado do Rio Grande do Norte, também fugiu da cadeia de Mossoró-RN, juntamente com outros 13 detentos através de um túnel cavado em uma das celas daquela casa penal por volta das 01h00min na madrugada de domingo do dia 07 de Março do corrente ano, voltou a ser preso hoje (15), pela manhã no estado de São Paulo juntamente com outros dois Pombalenses sendo eles: Francisco Luciano da Silva e Diego Armando Almeida.
Ary, juntamente com seus dois conterrâneos foram presos acusados de tentar assaltar uma joalheria naquele estado quando foram surpreendidos por policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC), através de informações do comandante do 12º BPM de Catolé do Rocha-PB, Major PM Cunha, juntamente com os policiais da 2ª seção (P2) e o delegado da Polícia Civil da Paraíba o senhor Dr. André Rabelo que vinham juntos investigando a quadrilha há alguns meses.
Segundo informações, a quadrilha antes de praticar o assalto, passou em um bar e mandou preparar a carne para comemoração após o assalto, sendo que os bandidos não sabiam que estava sendo vigiado a todo instante por um informante da PM da Paraíba e que de imediato o fato foi informado Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC) que surpreendeu a quadrilha e efetuou a prisão do trio Paraibano.
A quadrilha após a prisão foi encaminhado para a sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC), onde posteriormente vai ser transferida para a Paraíba, pois há suspeitas de esse trio ter participado de um assalto a um ônibus pertencente à Empresa Guanabara na noite do dia 05 do corrente mês e ano, por volta das 23h00min na PB 325 próximo ao trevo da BR 230, quando quatro elementos encapuzados em duas motos e armados com revolveres e escopeta abordaram e tomaram de assalto o ônibus da Guanabara, onde na ação os bandidos obrigaram os trinta e sete passageiros a descerem do ônibus e subtraíram os bens dos mesmos, tomando destino ignorado em seguida.

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica