Pular para o conteúdo principal

CHO CBM-RN

CHO CBM-RN novo capítulo

O COMANDANTE GERAL DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE como base na Lei Complementar n° 230 de 22 de março de 2002, e no Decreto n° 16038, de 02 de maio de 2002, através da portaria nº 135/2010 – gabinete do comando do CBM-RN do dia 21 de junho de 2010, resolve anular a portaria n° 127 GAB/CMDO/CBMRN, datada em 16 de junho de 2010, publicada no BGCB n. 109, do mesmo dia.
Considerando que a Lei Ordinária de 5.142/1982, Art. 10, § 1º preceitua que compete ao Comandante Geral baixar as instruções para o ingresso, funcionamento e condições de aprovação do Curso, bem como a fixação do número de matriculados, de acordo com o número de vagas existentes nesses Quadros, acrescidos de 20% (vinte por cento);
Considerando que atualmente no quadro específico do CBMRN existem duas vagas a serem preenchidas por militares que vierem a concluir o Curso de Habilitação de Oficiais- CHO;
Considerando que Edital de Abertura de Inscrições referente ao “Processo Seletivo Interno Aberto n. 001/2010”, publicado no BGCB n. 088, de 14 de maio de 2010, apresenta-se eivado de vícios insanáveis, pois normas editalícias não podem ir de encontro a dispositivo de lei;
Considerando o poder de tutela conferido à Administração Pública, à qual possui o dever de anular seus atos, nos casos de ilegalidades;
Considerando o dever de obediência aos princípios da Administração Pública esculpidos no caput do art. 37 da Constituição Federal;
Considerando a ordem classificatória final do referido certame, publicado no BGCB n. 106, de 11 de junho de 2010;
RESOLVE:
I – Anular a;
II – Designar o ST BM Pedro Raimundo Fernandes, mat. 015.087-8 e o 1º SGT BM Lavínio Flávio de Souza, mat. 113.205-9, para participar do Curso de Habilitação a Oficial (CHO), a ser realizado no CBMCE, data prevista para início de 05 de julho de 2010, com término previsto para o dia 12 de novembro do ano corrente, conforme disponibilização das vagas, mediante o FAX n. 244/2010 – GAB CMT/CBMCE, datado de 27 de maio de 2010.

Fonte: BGCB 113 do dia 22 de junho de 2010.  ABM/RN

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica