Pular para o conteúdo principal

Deicor prende arrombador de caixas eletrônicos


César Carlos, o “César Magão”, 33, foi preso após troca de tiros na Favela do Japão, em Natal, nesta segunda-feira.

Por Redação, Com informações da Degepol.


O acusado era procurado por participação na tentativa de arrombamento do caixa eletrônico do Bradesco de Poço Branco, ocorrida no dia 15 de janeiro deste ano, mas frustrada graças à intervenção dos policiais da Deicor.

Nesta segunda-feira, “César Magão” foi cercado pelos policiais da Deicor, mas mesmo assim empreendeu fuga e atirou contra os agentes. A polícia revidou e acabou alvejando o acusado com um tiro na perna. Após dominá-lo, os policiais levaram o acusado ao Pronto Socorro do Hospital Clóvis Sarinho, onde ele acabou sendo submetido a uma cirurgia. Ele não corre risco de morte.

Em poder de “César Magão”, os policiais da Deicor apreenderam uma pistola calibre ponto 40, modelo 940, de uso restrito das forças policiais. Segundo os policiais, o acusado tem maus antecedentes criminais, sendo inclusive apontado como autor de um homicídio contra um policial ocorrido há muitos anos em Natal. Por este crime ele teria cumprido pena em regime fechado.

Atualmente contra o acusado consta um mandado de prisão decretado no dia 2 de março deste ano pela 12ª Vara Criminal de Natal determinando a regressão provisória para o regime fechado. No mandado, o juiz explica que o preso não comparecia ao cumprimento da pena em regime mais brando desde o dia 28 de janeiro.

Segundo o diretor da Deicor, delegado Ronaldo Gomes, o acusado será autuado por porte ilegal de arma, com o agravante do armamento ser de uso restrito.

Quando receber alta, o preso deverá ser encaminhado ao sistema penitenciário estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça. O delegado garantiu que “César Magão” era um dos assaltantes surpreendidos pela Deicor quando tentava arrombar o caixa do Bradesco de Poço Branco.


http://www.nominuto.com/noticias/policia/deicor-prende-arrombador-de-caixas-eletronicos/56061/

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica