Pular para o conteúdo principal

Presos suspeitos de integrar quadrilha ==> Afastados policiais feitos reféns

Presos suspeitos de integrar quadrilha
Andrey Ricardo
Da Redação

A polícia vai investigar a ligação de quatro assaltantes que foram presos no fim da tarde de ontem, em Macaíba, com a quadrilha que invadiu o Destacamento da Polícia Militar de Serra do Mel, distante cerca de 40km de Mossoró. Os bandidos fugiram levando todo o armamento dos policiais e ainda tentaram roubar um caixa eletrônico do banco Bradesco, mas não conseguiram executar essa última ação. O quarteto foi preso após uma troca de tiros com PMs após praticarem dois assaltos.
De acordo com o coronel Welinton Alves, que é responsável pelo Comando de Polícia Regional (CPR), que atende Mossoró e região, e está acompanhando de perto o trabalho de investigação, foi levantada a suspeita de que os quatro bandidos presos em Macaíba façam parte da quadrilha que invadiu a DP de Serra do Mel. Com eles, foi apreendida uma pistola calibre 9 mm, semelhante ao armamento que foi utilizado pelos assaltantes em Serra do Mel (havia ainda escopetas e fuzis), além de um veículo roubado, tipo Fiat Pálio Weekend com placas clonadas NNV - 0205.
Porém, o coronel Alves frisa que até ontem à tarde ainda não havia uma prova concreta da ligação dos quatro bandidos presos em Macaíba com a quadrilha, formada por mais de 10 assaltantes que aterrorizaram a cidade de Serra do Mel. "Foi levantada essa hipótese pelo nosso setor de inteligência, mas até agora ainda não há nada confirmado. Todas as informações que nossas equipes conseguiram colher serão encaminhadas para a Polícia Civil, responsável pelas investigações", explica o oficial militar, que até as 18h30 de ontem ainda não tinha a qualificação dos quatro presos.
Os suspeitos foram presos pela Polícia Militar de Parnamirim, logo após realizarem dois assaltos em Macaíba. No fim da tarde de ontem, um deles, identificado como Paulo Manoel Gomes, 34, havia sido baleado no confronto com policiais militares. Um segundo suspeito foi identificado inicialmente como Gustavo Gomes de Lima, 24. Os outros dois envolvidos não tinham sido identificados. O quarteto foi levado para ser autuado em flagrante pelos dois assaltos na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal. Até às 19h de ontem, outros suspeitos eram procurados.

EM MACAÍBA
O primeiro alvo dos quatro assaltantes presos foi uma indústria de água mineral. De lá, fugiram levando um cofre ainda lacrado, além de um revólver calibre 38 e uma escopeta calibre 12, pertencentes aos seguranças do estabelecimento. Porém, no caminho, depararam-se com uma viatura do Grupo Tático Operacional (GTO) de Parnamirim, quando ocorreu a troca de tiros. Os bandidos ainda roubaram uma caminhonete tipo Hilux e invadiram um mercadinho, onde fizeram reféns, mas acabaram sendo presos pela PM.
Afastados policiais feitos reféns
Os dois policiais militares que foram espancados e humilhados quando foram mantidos reféns pela quadrilha que tentou roubar o terminal de autoatendimento do banco Bradesco de Serra do Mel foram afastados de suas funções temporariamente. A previsão é que os dois militares sejam afastados pela Junta Médica da Polícia Militar por 30 dias.
Depois que foram liberados pelos assaltantes, os dois policiais foram obrigados a sair correndo em direção a um matagal, com as mãos amarradas. Para amedrontá-los ainda mais, os bandidos ainda chegaram a efetuar vários tiros no momento que os dois corriam.
Fora isso, os PMs já haviam sido agredidos e humilhados no Destacamento de Serra do Mel, onde bandidos quebraram portas e atiraram contra a tela de um computador.
De acordo com o tenente-coronel Eliezer Rodrigues, comandante do II Batalhão de Polícia Militar (II BPM) de Mossoró, responsável também pela área de Serra do Mel, independente do trauma sofrido, é comum afastar policiais que se envolvem em ações violentas como essa de Serra do Mel.
"Quando acontecem fatos dessa natureza, independente de terem sofrido grandes traumas físicos, eles (os policiais) têm que ser submetidos a uma Junta Médica (da PM), que fará exames psicológicos. Depois que passa por uma situação dessa, é praxe afastar da atividade operacional para que o sistema emocional dele se restabeleça", explica Eliezer.
Pela experiência profissional, o comandante da PM de Mossoró diz acreditar que os dois militares deverão ficar afastados das atividades militares por cerca de 30 dias. Ele lembra que, ao adotar esse tipo de procedimento, a PM está se prevenindo contra a possibilidade de haver incidentes.
"Isso que aconteceu... Ele (refere-se aos PMs) pode sofrer vários tipos de síndromes, a da perseguição, da violência... É uma caixinha de surpresa a cabeça de um ser humano nesse estado. Ele pode até entrar numa depressão profunda ou torna-se altamente agressivo. Policiais que se envolvem em situações como essas devem ser afastados por uma questão cautelar ao funcionário público. Eles saem e vão outros para substituí-los", avalia o PM.
Enquanto estiverem afastados de suas funções, explica Eliezer, outros dois policiais serão mandados para o Destacamento da PM de Serra do Mel para estabilizar o efetivo.


http://www.defato.com/popular.php

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica