Pular para o conteúdo principal

Quadrilha é presa em Macaíba após roubo com reféns


Quatro homens foram presos na tarde desta quinta-feira (15), em Macaíba, após uma perseguição policial. Tudo começou por volta das 16h, quando os criminosos roubaram um cofre da empresa Santa Clara e fugiram levando um funcionário refém. Eles saíram em direção ao centro da cidade e, chegando lá, fizeram novos reféns em um supermercado.

Logo que soube do roubo à Santa Clara, a polícia passou a perseguir a quadrilha, inclusive, com apoio do helicóptero Potiguar 01. Durante a fuga, os assaltantes chegaram a trocar a caminhonete Hillux em que estavam por uma L200, que também roubaram.

Nessa troca de carros, eles acabaram deixando o cofre e uma arma na Hillux. Os acusados saíram em direção ao centro de Macaíba e lá foram cercados pelo Grupo Tático Operacional da Polícia Militar.

Assustados, os assaltantes desceram da L200 já pegando pessoas que passavam pela rua como reféns. Os acusados entraram em um supermercado com as vítimas na mira de armas.

Com isso, a polícia cercou o local. Os quatro assaltantes tentaram fugir pelos fundos dos supermercados. Mas, todos acabaram presos. Um deles, inclusive, foi baleado de raspão no rosto.

Depois de detido, os bandidos foram levados à Delegacia de Macaíba. Lá, eles se identificaram como sendo Darliton Rangel dos Santos Cabral, de 23 anos, Paulo Manoel Gomes, de 34 anos, Samuel Fernandes de Moura, de 23 anos, Gustavo Gomes de Lima, de 24 anos.

Dos quatro, apenas Darliton Rangel confirmou à reportagem do Nominuto.com que já tem passagem pela polícia. “Já estive preso por assalto a banco”, limitou-se a dizer, sem querer falar sobre a ocorrência de hoje.


No entanto, de acordo com a polícia, o líder da quadrilha é Paulo Manoel. Ele é da cidade de Janduís e também praticou alguns assaltos a banco. Paulo foi baleado no rosto, mas passa bem. O acusado, inclusive, tinha sido candidato a vereador em Janduís, em 2008.

Durante a ação dos bandidos, nenhum refém ficou ferido. Um dos assaltantes, Samuel Fernandes, chegou a trocar de camisa com o funcionário do supermercado, na tentativa de confundir a polícia.

Fonte: Nominuto.

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica