Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Governadora anuncia subsídio e simetria salarial na segurança pública Estadual

Por Assecom-RN A governadora Rosalba Ciarlini garantiu transformar a remuneração atual de Policiais e Bombeiros Militares em subsídio. Na prática é fazer com que o soldo base e todos as gratificações sejam transformadas em parcela única, irredutível e paga aos policiais e bombeiros da ativa e inativos. Além disso, assegurou a simetria salarial entre os órgãos da segurança pública do Estado. "Um Projeto de Lei está sendo elaborado para ser encaminhado à Assembleia Legislativa e votado este ano, com as medidas sendo implantadas a partir de 2012", disse a governadora.
O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25) durante café da manhã no Quartel da Polícia Militar, comemorativo ao Dia do Soldado. Na ocasião, Rosalba Ciarlini foi homenageada pelos policias da PM e do Corpo de Bombeiros com uma placa alusiva ao Dia do Soldado.
"Soldados são homens e mulheres de bem, de boa vontade, que querem ajudar para que tenhamos paz. A polícia e o soldado não veem a profissão apenas como um …

Equiparação sem data definida

Marco Carvalho - repórter A pleiteada equiparação salarial na área de Segurança Pública pleiteada pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros terá que esperar. Ontem, a governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini Rosado, confirmou a vontade de equiparar o pagamento dos militares com os demais servidores da segurança pública, mas  essa operação ainda não está organizada ou programada. "Não posso prometer algo hoje que eu não possa cumprir amanhã. Não foi assim que eu construi minha carreira política", disse.alberto leandro Encontro da governadora Rosalba Ciarlini com policiais e bombeiros ocorreu ontem, no Comando da PM
O encontro da chefe do Executivo ocorreu durante a manhã de ontem no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, onde era comemorado o Dia do Soldado. Ela ressaltou a valorização do profissional, mas esclareceu que é preciso planejamento. A governadora declarou que serão elaborados levantamento de impacto no orçamento do Estado, assim como crono…

Convênio garante 13 mil pistolas para a Polícia Militar do RN

Publicação: 25 de Agosto de 2011 às 13:12
Marco Carvalho - Repórter

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte irá receber mais de 13 mil pistolas tipo PT-100, calibre .40. O armamento é fruto de um convênio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte com o Governo de São Paulo, recentemente firmado entre Rosalba Ciarlini e Geraldo Alckmin. As armas deixarão de pertencer à Polícia Militar daquele  Estado, que está trocando por outros tipos de pistolas mais leves.

A informação foi confirmada durante a manhã desta quinta-feira (25)  pelo comandante-geral da PM/RN, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva - em pronunciamento no Quartel do Comando Geral em comemoração pelo Dia do Soldado. Ainda não há data para a transferência do armamento e início da utilização por parte do efetivo no Rio Grande do Norte.

Parte da PM/RN ainda trabalha com revólveres calibre 38, que são considerados equipamentos defasados na segurança pública. A quantidade de 13 mil pistolas, ultrapassa até m…

Munição

Munição
Munição Munição é o conjunto de cartuchos necessários ou disponíveis para uma arma ou uma ação qualquer em que serão usadas armas de fogo. Cartucho é o conjunto do projétil e os componentes necessários para lançá-lo, no disparo. O cartucho para arma de defesa contém um tubo oco, geralmente de metal, com um propelente no seu interior; em sua parte aberta fica preso o projétil e na sua base encontra-se o elemento de iniciação. Este tubo, chamado estojo, além de unir mecanicamente as outras partes do cartucho, tem formato externo apropriado para que a arma possa realizar suas diversas operações, como carregamento e disparo. O projétil é uma massa, em geral de liga de chumbo, que é arremessada à frente quando da detonação da espoleta e consequente queima do propelente. É a única parte do cartucho que passa pelo cano da arma e atinge o alvo. Para arremessar o projétil é necessária uma grande quantidade de energia, que é obtida pelo propelente, durante sua queima. O propelente utilizado n…

Munições Copper Bullet

O FBI, agência policial do EUA mundialmente conhecida e respeitada, no intuito de dar aos seus agentes o que há de melhor em termos de munição, estabeleceu regras rígidas às quais os projéteis dos cartuchos a serem utilizados em serviço devem ser submetidos e aprovados e que ficaram conhecidas por “Protocolo FBI”.

As munições Copper Bullet CBC têm excelente desempenho quando submetidas ao protocolo do FBI (Federal Bureau of Investigation) dos EUA, com suas rígidas especificações de eficiência balística contra alvos vestidos com roupas de inverno ou posicionados atrás de portas de madeira, gesso, vidro de pára-brisas e até chapas duplas de aço (simulando porta de veículo).

As mais renomadas instituições Policiais no mundo estão desenvolvendo protocolos próprios, que somente podem ser atendidos com munições com características da Copper Bullet CBC.

Teste em Vidro de Automóvel
Este é um dos testes exigidos pelo protocolo do FBI, que são reproduzidos no Laboratório Balístico próprio e exc…