Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Delegados sob investigação

Assassinatos, tráfico de drogas, formação de quadrilha, extorsão, corrupção e tráfico de influência. Esses são alguns dos crimes atribuídos a delegados e agentes da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, um agente da Polícia Federal que trabalha na Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, e um funcionário aposentado da Assembleia Legislativa potiguar. As denúncias desses supostos crimes já são de conhecimento da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), órgão vinculado diretamente à Presidência da República.   

Baseado nessas denúncias, o delegado geral de Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, designou na quarta-feira passada uma comissão tríplice para apurar os supostos crimes. A comissão é formada pelos delegados João Bosco Vasconcelos de Almeida, Laerte Jardim Brasil e Marcus Dayan Pereira Teixeira de Vasconcelos.

A portaria, de número 020/2012, não faz referência aos supostos crimes. Da mesma maneira, não cita os nomes dos policiais que teria…

Audiência discute estrutura do Itep

Publicação: 03 de Abril de 2012 às 00:00
Os diversos problemas que cercam o Instituto Técnico-científico de Polícia (Itep) serão discutidos em audiência pública que ocorre na manhã de hoje na sede da Procuradoria-geral de Justiça, em Candelária. A eficiência estrutural do órgão e possíveis soluções serão debatidas por membros do Ministério Público Estadual, órgãos governamentais e a população interessada no assunto. A audiência pública tem o objetivo de discutir com os órgãos de segurança pública, jurisdicionais, ministeriais, entidades de classe representativas dos peritos criminais, médicos-legistas, policiais civis e militares e a população em geral a situação da insuficiência da estrutura do Itep. Júnior SantosWendell Bethoven: O Itep é o órgão mais ineficiente do sistema.
A audiência pública foi convocada através da 19ª Promotoria de Justiça da comarca de Natal, integrante do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial.  Durante a audiência, o promotor Wendell Be…

Atirador deixa mortos e feridos em escola na Califórnia

Homem armado abriu fogo em escola particular cristã de Oakland.
Tiroteio deixou 7 mortos e três pessoas feridas; suspeito foi detido. Do G1, com agências internacionais 67 comentários Um homem armado abriu fogo dentro de uma escola particular em Oakland, na Califórnia, nesta segunda-feira (2) matando sete pessoas, ferindo três e desencadeando uma perseguição que terminou uma hora mais tarde com a prisão dele. O atirador invadiu a Oikos University, uma escola cristã, por volta das 10h40 da manhã (14h40 no horário de Brasília). Estudantes em pânico saíram do prédio, enquanto a polícia iniciou uma caça pelo atirador na vizinhança, diz o "San Francisco Chronicle". Corpos cobertos no gramado da escola Oikos University, em Oakland, na Califórnia, que foi invadida por atirador nesta segunda-feira (2) (Foto: Noah Berger / AP) Segundo uma porta-voz da polícia de Oakland, um suspeito foi detido quase uma hora depois, num shopping, mas não foi revelada identidade, nem se ele…

Adolescente ataca promotora com tesoura durante audiência no RS

Jovem aproveitou momento sem algemas para fazer o ataque.
Juiz, agente penitenciário e advogado evitaram que a mulher fosse atingida. Do G1 RS Tesoura usada por menor no ataque à promotora em Soledade (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Um adolescente de 17 anos, que responde por mais 20 procedimentos como menor, atacou uma promotora durante uma audiência em Soledade, no Norte do Rio Grande do Sul. Em sessão realizada na tarde desta segunda (2), o menor aproveitou o momento em que o juiz pediu que fossem retiradas as algemas e avançou em direção à mulher. Segundo o delegado Sander Ribas Cajal, da Polícia Civil do município, o jovem ficou irritado com as argumentações da promotora, pegou uma tesoura que estava sobre a mesa e tentou atingir Camila Santos da Cunha no pescoço. "Ele foi para matar a promotora. Estava enfurecido", disse o delegado ao G1. A promotora conseguiu se esquivar do primeiro golpe e foi salva graças à ação do juiz, de um agente penitenciário e do adv…

Polícia prende acusado de fabricar armas por encomenda

Publicação: 02 de Abril de 2012 às 12:03
Marco Carvalho - repórter


Fuzil, rifle, espingardas e revólveres. Munições de calibres .40, 380, 38, e 44. Além de moldes para fabricar submetralhadoras 9 milímetros. A lista forma o arsenal que estava em posse de José Pereira da Silva Gomes, 41 anos - preso na noite da sexta-feira passada no bairro do Bom Pastor, zona Oeste de Natal. Policiais da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) investigaram o caso e prenderam o suspeito após uma denúncia anônima. De acordo com a Polícia Civil, o homem, conhecido como "Zeca Armeiro", é um ex-policial militar expulso da Corporação  e com experiência na fabricação e manutenção de armamentos.


A Deicor investiga se o homem fabricava armas por encomenda e as fornecia ao mercado criminoso da capital. A polícia chegou ao flagrante após o suspeito decidir levar parte dos armamentos para cromá-los em uma empresa no bairro da Ribeira. Há vinte dias, a denú…