Pular para o conteúdo principal

Inusitado: Ladrão vai a delegacia devolver armas roubadas de major da PM em Natal

Ladrão vai a delegacia devolver armas roubadas de major da PM em Natal

Publicação: 15/08/2012 09:46 Atualização: 15/08/2012 10:28

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com informações de Paulo Nascimento

A 4ª Delegacia de Polícia, localizada em Mãe Luíza, amanheceu nesta quarta-feira (15) com um feito inusitado. O produto de um roubo cometido no último domingo (12), às 16h, na praia de Areia Preta, foi devolvido pelo ladrão. Toda a documentação, uma pistola calibre .40, um revólver calibre 38 e três carregadores municiados com 15 projéteis pertencentes a um major da Polícia Militar da Paraíba foram devolvidos. O crime teria sido cometido por um homem identificado pelo soldado PM Geraldo Ferreira, da 1ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar, como Shelton Nascimento de Miranda. A polícia segue procurando Shelton e mais um suspeito, que também já foi identificado pela políci. O major e sua família estavam na cidade à passeio.

“O Major foi para o mar enquanto a esposa e a filha ficaram sentadas na areia, momento em que dois bandidos chegaram e renderam a mulher colocando um objeto perfurante no pescoço dela e em seguida subtraíram a bolsa do casal”, contou o delegado Frank Albuquerque.

Bastante conhecido pelos policiais da região, Shelton já responde processo por porte ilegal de armas. Um trabalho em conjunto da equipe da 1ª Cia, com o tenente PM Cláudio, integrantes das Delegacia Especializada em Assistência Ao Turista (Deatur) e da 4ª DP fez com que o material fosse devolvido. "Fomos na casa de Shelton, na travessa São Paulo, em Mãe Luíza, mas ele não estava. Conversamos com a mulher dele e dissemos a ela que devolvesse o material. Hoje de manhã já estava tudo na delegacia", relatou o soldado Geraldo.


http://www.dnonline.com.br/app/noticia/cotidiano/2012/08/15/interna_cotidiano,104457/ladrao-vai-a-delegacia-devolver-armas-roubadas-de-major-da-pm-em-natal.shtml

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica