Pular para o conteúdo principal

Asfalto cede na Eng. Roberto Freire


Publicação: 20 de Agosto de 2013 às 00:00 
Quem trafegou ontem pela avenida Roberto Freire encontrou congestionamento na durante toda a manhã. Por causa de um vazamento na tubulação, parte do asfalto da avenida cedeu e abriu uma cratera nas proximidades do CCAB Sul. O problema foi agravado pela chuva que caiu no domingo.
Adriano AbreuChuvas e rompimento de tubulação da Caern deixam trecho da Av. Eng. Roberto Freire, na zona Sul, intransitável. Trânsito foi desviado e ficou engarrafado por horasChuvas e rompimento de tubulação da Caern deixam trecho da Av. Eng. Roberto Freire, na zona Sul, intransitável. Trânsito foi desviado e ficou engarrafado por horas

O trânsito na área está foi desviado e ficou engarrafado por horas, já que o desvio próximo ao local da cratera era pela marginal da avenida, de apenas uma faixa. Uma alternativa de percurso escolhida pelos condutores foi entrar na rua Doutor Solon de Miranda Galvão, ao lado do antigo supermercado Bompreço, no sentido do campus da UFRN. Quem ia para o Centro, pôde pegar a Via Costeira.

Uma equipe técnica da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande (Caern) está trabalhando desde domingo (18)  para consertar o vazamento na rede de água da Av. Roberto Freire, próximo ao CCAB Sul, que ocasionou a interdição na faixa sentido bairro/Centro. A previsão é de que o abastecimento fosse retomado a partir das 18h de ontem (19), normalizando em todas as áreas até a madrugada desta terça-feira (20), embora o período de reparo não tenha ocasionado a falta de água.

De acordo com o gerente da Regional Natal Sul da Caern, Lamarcos Teixeira, o vazamento ocorreu em uma tubulação de cimento amianto de 250 mm, que em breve deverá ser substituída por uma tubulação de PVC, através do Programa Emergencial de Financiamento (Pró-Investe), além da área reparada que já receberá o material em PVC, que prevê  investimento de R$ 2 milhões para a substituição de toda a tubulação de amianto nos bairros de Capim Macio e Lagoa Nova.

http://tribunadonorte.com.br/noticia/asfalto-cede-na-eng-roberto-freire/258852

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica