Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 20, 2013

Os movimentos das placas tectônicas

Mapa com as placas litosféricas do mundo

Placas Tectônicas

Placas Tectônicas
Por Caroline FariaPlacas Tectônicas são porções da crosta terrestre (litosfera) limitadas por zonas de convergência ou divergência.
Segundo a Teoria da “Tectônica das Placas”, a litosfera é constituída de placas que se movimentam interagindo entre si, o que ocasiona uma intensa atividade geológica, resultando em terremotos e vulcões nos limites das placas.

Pangeia, Laurásia e Gondwana

PANGEIA
Designa-se por Pangeia o continente que, segundo a teoria da deriva continental, existiu até há 200 milhões de anos, durante a era Mesozoica, porém, há relatos também de 540 milhões de anos. A palavra origina-se do fato de todos os continentes estarem juntos (pan do grego, pâs, pâsa, pân, todo, inteiro) e exprime a noção de totalidade, universalidade, formando um único bloco de terra (gea) ou Geia, Gaia ou Ge como a Deusa que personificava a terra com todos os seus elementos.

Deriva Continental

Deriva Continental

Os continentes que conhecemos nem sempre tiveram a configuração atual.

Noções de estrutura da terra

Noções de estrutura da Terra:A Litosfera é a camada sólida da Terra, formada pelos minerais, rochas e solos, no seu interior há a presença de materiais inorgânicos em fusão, que apresentam um grau geotérmico, no qual a temperatura aumenta conforme nos aprofundamos. A estrutura da Terra está dividida em camadas, e cada uma delas apresenta uma composição, temperatura e densidade diferente.

ENEM - Rochas Magmáticas

Rochas Magmáticas
Por Emerson SantiagoRochas magmáticas, também conhecidas comoígneas, são aquelas originárias no interior daTerra, produto da solidificação do magma pastoso. O magma é composto de uma substância fluida, de fundição parcial ou total, formada por uma fusão completa desilicatos,silíciose elementos voláteis, como por exemplo , vapor d´água,cloretoshidrogênio,flúore outros. Taltipo de rochaé muito resistente, e também das mais antigas, matéria prima do embasamento rochoso dos continentes.

Tipos de Rochas

Tipos de Rochas

Uma jazida de minérios

Tempo Geológico

Breve História Da Terra Pércio de Moraes Branco
Escala do Tempo GeológicoPaleoproterozóicoPeríodo CambrianoPeríodo OrdovicianoPeríodo SilurianoPeríodo DevonianoPeríodo CarboníferoPeríodo PermianoPeríodo TriássicoPeríodo JurássicoPeríodo CretáceoEra CenozóicaPeríodo PaleogenoPeríodo NeogenoO ano geológicoA Terra no futuro
         Nosso planeta tem 4,54 bilhões de anos.  Esse longo intervalo de tempo, chamado de tempo geológico, foi dividido pelos cientistas, para fins de estudo e de entendimento da evolução da Terra, em intervalos menores, chamados unidades cronoestratigráficas: éons, eras, períodos, épocas e idades.

Erupção Vulcânica e Tsunami

Por Emerson SantiagoErupção vulcânicaé um fenômeno natural que ocorre nosvulcões, que em determinado momento derramam magma através de sua abertura superior, a chamada “chaminé vulcânica”. Ao iniciar sua fase de atividade, o vulcão libera gases deenxofre, de alto teor tóxico, seguindo-se então explosões que resultam no lançamento de lava na área circunscrita.


Éimportantediferenciar os elementos magma e lava, que são muitas vezes confundidos: o magma é o nome que se dá à rocha fundida localizada abaixo da superfície da terra e que no momento em que é expelida por um vulcão, dá origem à lava; já a lava é material geológico em fusão, composta por ferro e silicato de alumínio em estado líquido. Assim, a composição química de ambos e a quantidade de gás contido irá determinar a natureza da erupção vulcânica. Há oito tipos diferentes de erupção vulcânica, a saber:

Terremotos

Terremotos
Destruição causada por um terremoto

Formação da Terra

Formação da Terra Há cerca de 4,5 biliões de anos surgiu o sistema solar, do qual faz parte o planeta Terra, mas apenas se conhece com alguma exatidão a história dos últimos 600 milhões de anos, uma vez que são praticamente desconhecidas as condições existentes na Terra durante o primeiro bilião de anos, antes da consolidação da crosta terrestre.

Fotoperiodismo

Fotoperiodismo
A floração está diretamente relacionada ao fotoperíodo.

Solstícios e Equinócios

Solstícios e EquinóciosOs solstícios e equinócios marcam posições do movimento aparente do sol e a incidência de raios solares na superfície terrestre, além de inaugurarem as estações do ano.

Esquema que demostra os equinócios e solstícios

Movimentos da Terra: Rotação, translação e estações do ano

Ângelo Tiago de Miranda
Como todos os corpos do Universo, a Terra também não está parada. Ela realiza inúmeros movimentos. Os dois movimentos principais do nosso planeta são o derotação e o de translação, cujos efeitos sentimos no cotidiano. Rotação

Eclipses

EclipsesUm eclipse acontece sempre que um corpo entra na sombra de outro. Assim, quando a Lua entra na sombra da Terra, acontece um eclipse lunar. Quando a Terra é atingida pela sombra da Lua, acontece um eclipse solar.
Sombra de Um Corpo Extenso

Fases da Lua

Fases da Lua

Por Caroline FariaSe você observar aluadurante o decorrer de um mês, irá verificar que ela muda de forma com o passar dos dias. Ou, parece mudar. As formas que a lua assume enquanto está “mudando” de forma, são as chamadas “fases da lua”.

Sistema Solar

Sistema Solar
O Sistema Solar é constituído pelo Sol e pelo conjunto dos corpos celestes localizados  no mesmo campo gravitacional. Fazem parte do Sistema Solar os planetas, planetas anões, asteroides, cometas e os meteoroides (meteoritos).

Big Bang - A Teoria do Big Bang

Big Bang - A Teoria do Big Bang


Conforme a teoria do Big Bang, a possível “explosão” deu origem ao universo

Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente: A terra

Luz visível

Luz visível
Faixa do espectro visível

Tecnologia e cartografia - Sensoriamento Remoto e GPS

Tecnologia e cartografia
Sensoriamento RemotoPor Caroline FariaO sensoriamento remoto é uma tecnologia de obtenção de imagens e dados da superfície terrestre através da captação e registro da energia refletida/emitida pela superfície sem que haja contato físico entre o sensor e a superfície estudada (por isso é chamado de remoto).

Os sensores óptico-eletrônicos utilizados para a captura dessa energia funcionam como uma câmera fotográfica (que capta e registra a radiação – luz – emitida/refletida pelo objeto) que tirasse fotos da superfície terrestre, só que um pouco mais sofisticados.

Curva de Nível

Curva de Nível

Por Caroline FariaAcurva de nívelé uma maneira de se representar graficamente as irregularidades, ou o relevo, de um terreno.
Imagine uma montanha de 800 metros vista de cima. Seu formato é irregular, logo se traçarmos uma linha contornando-a a 700 metros o desenho do contorno (uma curva) será diferente, e menor, daquele que fizermos contornando-a a 100 metros, mais próximo da base. Esse desenho do contorno a uma dada altitude, que deve ser a mesma em todos os pontos da linha, é a chamada curva de nível e serve para representar o relevo de algum local nas plantas topográficas.

Escala cartográfica: Como interpretar reduções em mapas

Escala cartográfica: Como interpretar reduções em mapas
Cláudio Mendonça
O mapa é uma imagem reduzida de uma determinada superfície. Essa redução - feita com o uso da escala - torna possível a manutenção da proporção do espaço representado. É fácil reconhecer um mapa do Brasil, por exemplo, independente do tamanho em que ele é apresentado, pois a sua confecção obedeceu a determinada escala, que mantém a sua forma. A escala cartográfica estabelece, portanto, uma relação de proporcionalidade entre as distâncias lineares num desenho (mapa) e as distâncias correspondentes na realidade.

Geografia - Cartografia - Projeções

CAPÍTULO 6: SISTEMA DE PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS (continuação)

CAPÍTULO 6: SISTEMA DE PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS6.1) Projeções cartográficas
6.2) Classificação das projeções6.1) Projeções Cartográficas

Conforme se pode verificar, a história dos mapas reflete a preocupação que o homem sempre teve em representar a superfície terrestre, utilizando técnicas de acordo com o estágio de seus conhecimentos. Com o passar do tempo, impõe-se a preocupação em obter resultados cartográficos com o maior rigor científico possível, tendo-se duas formas principais de representar a superfície terrestre: globos e mapas.

Os globos geográficos constituem-se no modo mais fiel de representar a Terra, mesmo sabendo-se que nosso planeta não é uma esfera perfeita. Entretanto, a diferença entre os eixos polar e equatorial é tão pequena que seria praticamente impossível representá-la em escala tão reduzida nos globos de mesa. Por isso, podemos ter certeza que tais globos são os modelos mais parecidos com a superfície rea…