'Legítima defesa', diz suspeito de matar sargento da PM na Grande Natal; veja vídeo


'Legítima defesa', diz suspeito de matar sargento da PM na Grande Natal; veja vídeo

Luiz Paulo, de 23 anos, disse que se sentiu ameaçado e matou para não morrer. Crime aconteceu no último dia 6 em São Gonçalo do Amarante.






Por G1 RN

14/04/2017 11h25 Atualizado 14/04/2017 13h22







Em vídeo, suspeito de matar sargento da PM confessa crime



O suspeito de matar o sargento da PM José Cabral do Nascimento Junior, confessou o crime, nesta sexta-feira (14). Em depoimento à polícia, o suspeito afirma que atirou três vezes contra o sargento em legítima defesa, pois teria sido ameaçado. “Para eu não morrer, quando ele passou, eu atirei nele. Foi legítima defesa”, disse Luiz Paulo Nogueira, de 23 anos (veja vídeo).


O crime aconteceu no último dia 6, no Golandim, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Paulo foi preso no dia 12. No momento da prisão, o suspeito praticava um sequestro relâmpago.


Nas imagens, divulgadas pela Polícia Civil, Luiz Paulo está sendo interrogado e descreve o momento do crime. Ele começa relatando que o sargento estava na rua e fez um comentário sobre ele. Paulo diz que se sentiu ameaçado e então resolveu matar o policial. "Eu atirei nele. Foi legítima defesa”, afirmou. “Eu tava na esquina e ele estava na rua. Ele olhou pra mim e desse “vagabundo é na bala”, disse o suspeito sobre a motivação do crime.


“Ele viu que eu ia atirar nele. Dei três tiros com minha arma e peguei a pistola dele e efetuei mais disparos”, disse o homem. Luiz Paulo tinha um revólver calibre 38 e fugiu levando a arma do sargento Cabral. De acordo com a Polícia Militar, no momento da prisão, o suspeito estava com uma arma similar à usada no crime.


Segundo o delegado responsável, Natanion Freitas, a arma do sargento também já foi recuperada.




Morte do sargento




O sargento da PM José Cabral do Nascimento Junior, de 43 anos, foi baleado e morto, no final da manhã do dia 6 de abril, no Golandim, em São Gonçalo do Amarante. A vítima foi atingida por disparos efetuados por um homem que fugiu em uma motocicleta. O policial trabalhava no setor de protocolo da corporação.




http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/legitima-defesa-diz-suspeito-de-matar-sargento-da-pm-na-grande-natal-veja-video.ghtml