Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 19, 2016

Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala

Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala
Leia mais em: 
por - ter, 02, dezembro 2014 em Ciência e Tecnologia

Como funciona um colete de proteção balística

Tecnologia Como funciona um colete à prova de bala? por Tarso Araújo | Edição 62

Como o Kevlar para uma bala de arma de fogo

Como o Kevlar para uma bala de arma de fogo (Fonte da imagem: Flickr/StuartBannocks)

Nova tecnologia para coletes de proteção contra armas de punho

Por Tecnodefesa - dez 10, 2015

Proteção Balística Individual - Rodrigo Victor da Paixão - Cap PM*

Proteção Balística Individual Rodrigo Victor da Paixão - Cap PM* A primeira utilização, pelo homem, de algo semelhante ao que hoje nós conhecemos como proteção balística, foram as peles de animais, usadas ainda pelos primitivos para se proteger das garras e presas dos predadores. Muito depois, surgiram os escudos, feitos de peles no início, e então de materiais rígidos: os metais. Os metais também foram usados pelos romanos na proteção do corpo, como placas peitorais, e depois como armaduras de corpo inteiro na idade média. Com o advento das armas de fogo (por volta de 1500 d.C), as proteções existentes tornaram-se obsoletas e logo perderam espaço.