quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Governo garante complemento salarial de R$ 1.200 ...



Brasília 30/12/09 (MJ) – Policiais que trabalharão nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 receberão um complemento salarial de até R$ 1.200, de 2010 até a data de realização dos jogos. O decreto que validará a medida deverá ser assinado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no próximo dia 26 de janeiro.

A decisão foi anunciada pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, após reunião com o presidente da República e representantes da Casa Civil e dos Ministérios do Planejamento e das Relações Institucionais, que farão a redação final do documento.

O decreto também definirá a ampliação da faixa salarial exigida como critério para a concessão do Bolsa Formação, projeto que beneficia mais de 160 mil profissionais de segurança pública de todo país, com o pagamento de R$ 400 mensais para policiais que façam os cursos de atualização oferecidos pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Atualmente, para receber o Bolsa Formação o policial deve ganhar até R$ 1.700. Com as modificações do decreto, o benefício será estendido a profissionais com salário de até R$ 3.200.

Apesar do sucesso do Bolsa Formação, desde outubro, o ministro Tarso Genro busca alternativas para garantir a melhoria do salário dos policiais no Rio de Janeiro como parte da estratégia de preparação da segurança dos Jogos Olímpicos.

“A proposta levada por mim foi ampliada pelo presidente Lula que resolveu incluir os policiais que receberão os jogos da Copa do Mundo, o que é muito positivo. A obrigatoriedade de que os policiais tenham um piso salarial é mais um marco na mudança de paradigma da segurança pública”, ressaltou.

Para que os policiais das cidades dos jogos recebam o novo benefício de até R$ 1.200, o governo de cada estado deve se comprometer a enviar um Projeto de Lei estadual incorporando o valor da bolsa ao salário dos policiais a partir de 2016. As regras para a participação dos estados também serão definidas pelo decreto. Um dos pontos em estudo é a regulamentação das escalas de trabalho dos policiais.

O pagamento da chamada “Bolsa Olímpica” será condicionado a participação dos policiais em cursos específicos para a segurança de grandes eventos esportivos sediados no país. Os cursos serão definidos ainda no primeiro semestre pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). O objetivo é elevar o padrão técnico das polícias brasileiras e prepará-las, em conjunto com os governos estaduais.

Segurança com Cidadania

O Pronasci articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem desconsiderar as estratégias de ordenamento social e de segurança pública. São mais de 90 ações que integram a União, estados, municípios e diversos setores da sociedade.

O público-alvo são jovens de 15 a 24 anos à beira da criminalidade, presos e os que já cumpriram sua pena. Atualmente, são integrantes do Pronasci mais de 150 municípios, 21 estados e o Distrito Federal.

Fonte: Guerreiros do RN

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

PY2GEA - Grêmio de Radiamadores da Rodada Encontro de Amigos

PY2GEA - Grêmio de Radiamadores da Rodada Encontro de Amigos
APOSTILA DO EXAME SOBRE TÉCNICA E ÉTICA OPERACIONAL
Assinale X entre os parênteses que indicar a única alternativa correta, em cada questão
01)Antes de fazer uma chamada local, o radioamador deve
A ( ) Certificar-se de que a freqüência está livre
B ( ) Existe prioridade para chamada geral
C ( ) Aguardar um espaço de câmbio
D ( ) Mencionar seu indicativo de chamada
E ( ) Cumprimentar a rodada
02)Quando em determinado horário e freqüência existir uma rodada, o radioamador deve:
A ( ) Solicitar espaço de câmbio
B ( ) Solicitar oportunidade, mencionado o nome da estação
C ( ) Aumentar a potência de seu rádio para conseguir ser ouvido
D ( ) Falar por cima do câmbio de uma estação menos potente
E ( ) Emitir sinais em CW para se anunciar
03)Direitos exclusivos para uma freqüência são somente para:
A ( ) Rodadas
B ( ) Concursos
C ( ) Contestes
D ( ) Só para tráfego de mensagens de emergência
E ( ) Não existe direito exclusivo em hipótese alguma
04)O termo "BREAK" é utilizado para:
A ( ) Solicitar oportunidade
B ( ) Para solicitar comprovada emergência
C ( ) Para cumprimentar os presentes
D ( ) Para solicitar um QSA
E ( ) Para participar de um QSO
05)O radioamador deve informar seu indicativo de chamada a cada:
A ( ) Final e início de cada câmbio
B ( ) No máximo a cada 5 minutos
C ( ) No máximo a cada 10 minutos
D ( ) Quando achar conveniente
E ( ) Quando do início do QSO e quando fizer QRT
06)Quando em uma rodada é solicitada oportunidade, deverá atender o radioamador que:
A ( ) Tiver o sinal mais forte\
B ( ) For o mais amigo daquele que chamar
C ( ) Aquele que terá oportunidade do primeiro QSO com quem solicitou
D ( ) Estiver na "vez" com a palavra
E ( ) Nenhuma das alternativas está correta
07)Entende-se por transmissor:
A ( ) Conjunto de equipamentos necessários à execução dos serviços
B ( ) Equipamento responsável pela transformação do sinal básico de informação em sinal de radiofrequência para enviar para a antena
C ( ) Equipamento necessário para a transformação do sinal de rádio
D ( ) Uma caixa contendo um rádio
E ( ) Nenhuma das anteriores
08)Entende-se por transceptor:
A ( ) Conjunto de rádios, antena e algum acessório
B ( ) Equipamento que transforma sinal de radiofrequência
C ( ) É a união do transmissor e receptor num mesmo invólucro
D ( ) Equipamento que emite sinais de radio-frequência pela antena receptora
E ( ) Estão todas corretas
09)Quanto à instalação de uma antena:
A ( ) Basta ter as medidas de comprimento e ela transmitirá sem causar problema
B ( ) Com as medidas e o aterramento correto não haverá problemas
C ( ) Todas as antenas são padrão: a que der certo para um dará para todos
D ( ) Além de medidas corretas, cabos coaxiais de acordo, aterramento, o fator local tem muita influência
E ( ) O local não interfere na qualidade de transmissão de uma antena
10)O que se entende por DX:
A ( ) É a pessoa que realiza um contato à distância
B ( ) É um código fonético dos Estados Unidos
C ( ) É o indicativo de quem opera a longa distância
D ( ) É um sinal de telegrafia para encerramento de câmbio
E ( ) Procura constante, na comunicação à larga distância, compondo com outros países ou pontos longínquos e que apresentem maior dificuldade na realização do contato
11)O quê é um cartão QSL ?
A ( ) Afirmar que a mensagem está compreendida
B ( ) Cartão que se registra dados dos radioamadores para confirmação de contato, contendo condições do local de trabalho, enviado quando se realiza o primeiro contato.
C ( ) Cartão QSL é o mesmo que registro de comunicado
D ( ) Somente as alternativas A e C estão corretas
E ( ) Somente as alternativas B e C estão corretas
12)Conhecer o código Q é vital no serviço de radioamadores. Ao aplicá-lo é que observam as dificuldades. "QTH" quer dizer exatamente:
A ( ) Endereço do operador
B ( ) Local onde operador de rádio se encontra no momento, independente de seu endereço residencial
C ( ) Local da estação adicional
D ( ) Nome do operador
E ( ) Nenhuma das anteriores está correta
13)Entende por conteste:
A ( ) Termo espanhol para dizer que a mensagem foi ouvida
B ( ) Comunicado a longa distância
C ( ) Concurso de contatos entre radioamadores, cujo objetivo é conseguir o maior número de comunicados em menor tempo possível
D ( ) Quando em uma chamada geral somos atendidos por muitos colegas
E ( ) Nenhuma das anteriores
14)O quê é um DX-MAN ?
A ( ) Radioamador que procura com ênfase aumentar seu escore de contatos à longa distância
B ( ) Radioamador que envia os cartões QSL
C ( ) Radioamador que comanda rodadas
D ( ) Radioamador que registra todos os seus contatos
E ( ) Nenhuma das anteriores
15)Em "Comunicados Internacionais" considerando-se que há um segmento estreito para esta finalidade, não é deselegante você ...
A ( ) Falar por cima do câmbio de outro colega
B ( ) Pedir aos mesmos que façam QRT
C ( ) Nos bate-papos locais, solicitar gentilmente QRT
D ( ) Mandar os colegas utilizar outras freqüências para bate-papos locais
E ( ) Todas estão corretas
16)Quando num bate-papo local você ouvir uma solicitação à longa distância, o procedimento correto será:
A ( ) Dar a preferência da palavra a quem chamou
B ( ) Avisar que o colega foi ouvido, mas deverá aguardar a vez
C ( ) É de bom senso dar preferência a senhoras, estações móveis e chamadas distantes e deixá-los à vontade na freqüência
D ( ) Somente as alternativas B e C estão corretas
E ( ) Nenhuma das alternativas estão corretas
17)Em um concurso onde somente é permitido o tipo de emissão "CW", é aconselhável:
A ( ) Independente da velocidade de transmissão do colega, você vai transmitir o mais rápido possível para faturar outras estações
B ( ) Usar velocidade de transmissão compatível com a recepção
C ( ) Quem se propõe a participar de um concurso tem que ser bom
D ( ) Utilizar programa próprio de computador para CW e enganar todos os colegas
E ( ) Somente as alternativas A e C estão corretas
18)Utilizar a potência mínima necessária, em VHF, evita:
A ( ) Sobrecarregar o rádio
B ( ) Acionar outras repetidoras mais distantes que utilizam a mesma freqüência
C ( ) Batimentos laterais
D ( ) Somente as alternativas A e B estão corretas
E ( ) Todas estão erradas
19)A expressão "passo a palavra a quem de direito" indica:
A ( ) Que não se sabe o QRA de quem solicitou
B ( ) Que foi esquecido o nome de quem solicitou
C ( ) Que vai falar quem está na vez
D ( ) Prática operacional deficiente
E ( ) É a melhor forma de se aplicar a ética operacional
20)O uso de gírias em um contato é considerado:
A ( ) Ótimo, pois os radioamadores não vão entender o que você falou para seus colegas radioamadores
B ( ) É deselegante, pois muitas pessoas gostariam de saber e entender o que foi dito
C ( ) Poderá vir a ferir a susceptibilidade dos que estão ouvindo
D ( ) As alternativas B e C estão corretas
E ( ) As alternativas B e C não estão corretas porque deve-se criar o máximo de códigos possíveis
21)Quando em um contato local estiver operando 05 radioamadores classe B, é solicitado a oportunidade para um classe C, você deve:
A ( ) Solicitar a ele que fique somente escutando para aprender com os mais experientes
B ( ) Não lhe dar oportunidade, pois afinal ele não terá condições de acompanhar o ritmo da conversa
C ( ) Demonstrar paciência e tolerância, ajudando-o de forma elegante
D ( ) De uma forma elegante e discreta deixe-o somente ouvindo
E ( ) Os menos experientes deverão se resguardar e calar-se
22)Considerando-se a hipótese de você ter sido enganado por algum colega e o mesmo estar participando de uma rodada, o procedimento adequado será:
A ( ) Avisar a todos do ocorrido na presença do colega
B ( ) Avisar a todos, mas na ausência do colega
C ( ) Publicar em jornais e revistas próprias o fato, para que outras pessoas não tenham o mesmo problema
D ( ) Não é aconselhável expressar sentimentos negativos e críticas via rádio
E ( ) As alternativas A e C estão corretas
23)A palavra "break" é utilizada para:
A ( ) Pedir oportunidade
B ( ) Tráfego de emergência
C ( ) Transmitir QTC familiar
D ( ) Nenhuma das alternativas está correta
E ( ) Somente as alternativas A e C estão corretas
24)Quando você ouvir em "CW" um colega emitir as letras CL em final de "QSO", significa que:
A ( ) Estou na escuta
B ( ) Estou em situação de emergência
C ( ) Estou na escuta e posso responder
D ( ) A partir de agora estou QRT
E ( ) Somente as alternativas A, C e D estão corretas
25)Quando você escutar um colega transmitindo em código Q de forma diferente da legislação, qual deverá ser sua atitude ?
A ( ) Repetir o mesmo erro, afinal todos falam errado
B ( ) Corrigir o colega
C ( ) No momento oportuno frisar bem a forma correta
D ( ) Chamar atenção do mesmo, informando-o quanto ao erro
E ( ) Todas estão erradas
26)Para contatos locais, quando na utilização do VHF, é aconselhável:
A ( ) Falar em Simplex
B ( ) Usar a repetidora em baixa freqüência
C ( ) Formar grupos fechados
D ( ) Subtonar a repetidora para acesso de poucos
E ( ) Todas estão erradas
27)Quando uma estação faz um "CQ" dirigido a um país ou região geográfica, ouvindo mas não estando no local mencionado, você deve:
A ( ) Atender assim mesmo, pois o colega pode querer falar com você
B ( ) Avisá-lo que não tem ninguém na freqüência
C ( ) Avisar que a região solicitada não se fez presente
D ( ) Aproveitando a oportunidade, você pedirá um QSL
E ( ) Você não deverá se manifestar
28)No VHF é comum o uso de repetidora. Diz a legislação que após instalada, a mesma é de uso público. O procedimento adequado será:
A ( ) Procurar informar-se quem são os mantenedores da repetidora que você usa normalmente e contribuir com sua manutenção
B ( ) Respeitar o timer da repetidora
C ( ) Fazer câmbios curtos e objetivos
D ( ) Nunca falar mal de uma repetidora quando estiver operando em outra, mesmo que esta não esteja de acordo com suas necessidades
E ( ) Todas estão corretas

29)Em um conteste é comum a utilização de indicativos especiais. Ao contatar com um destes, qual será o procedimento adequado ?
A ( ) Pedir o endereço do radioamador para lhe enviar um QSL
B ( ) Solicitar ao radioamador que está operando com o indicativo especial, um cartão QSL
C ( ) Solicitar o Manager ou QSI.INFO
D ( ) Solicitar o nome e o local de onde está se realizando o conteste
E ( ) Solicitar comprovante do indicativo especial
30)Se você tem uma estação poderosa o processo legal será:
A ( ) Falar logo para ser atendido rapidamente
B ( ) Aplicar toda potência de seu equipamento para ser ouvido e atendido
C ( ) Certificar-se de que as laterais de sua QRG estão desocupadas
D ( ) Fazer uma varredura nas laterais
E ( ) Se você está operando de acordo com a potência permitida, as laterais não importam
31)O que é o DXCC ?
A ( ) É uma medalha que o radioamador recebe
B ( ) É o indicativo de chamada de algum colega
C ( ) É um cartão QSL
D ( ) É um certificado que o radioamador recebe ao completar 100 países trabalhados
E ( ) Nenhuma das anteriores
32)O quê se entende por RX ?
A ( ) Pessoa que realiza um contato a longa distância
B ( ) É um código fonético dos Estados Unidos
C ( ) É um indicativo de quem opera a longa distância
D ( ) Freqüência de recepção
E ( ) Nenhuma das anteriores
33)O quê é um elemento parasita ?
A ( ) É um elemento da antena
B ( ) Tipo de conector
C ( ) É um ganho real de potência
D ( ) É o quarto elemento de uma antena
E ( ) Condutores que possuem corrente induzida pelo elemento da antena
34)O quê se entende por antena ?
A ( ) Acoplador de energia entre o sistema de rádio e o espaço livre
B ( ) É a entrada de energia que passa por um sistema não linear
C ( ) É o resultado do comprimento de uma onda cuja saída produz sinais de freqüência
D ( ) Somente as alternativas A e B estão corretas
E ( ) Somente as alternativas A e C estão corretas
35)Sobre repetidoras, será correto afirmarmos:
A ( ) Opera com transmissão simultânea e recepção automática tipo telefone
B ( ) Opera em sinais digitais e Simplex entre outros
C ( ) A freqüência de transmissão deve ser a mesma da recepção
D ( ) Somente as alternativas A e B estão corretas
E ( ) Estão todas erradas
36)Será correto afirmarmos:
A ( ) RTTY é um radioteletipo
B ( ) Que para trabalhar em packet é necessário um rádio e um computador, entre outros acessórios
C ( ) Que a operação packet é efetuada normalmente através de um TNC
D ( ) O TNC pode ser substituído por um modem
E ( ) Todas estão corretas
37)Em transmissores "AM" podemos dizer que:
A ( ) Existe necessidade de se manter a fidelidade de amplitude
B ( ) Não existe a necessidade de se manter a fidelidade de amplitude
C ( ) Sinal de áudio do microfone é levado ao modulador de freqüência que atua sobre um oscilador
D ( ) Recebe-se sinal de áudio de um modulador de amplitude balanceada
E ( ) Todas estão erradas
38)Entende-se por estação de radioamador:
A ( ) Conjunto de equipamentos necessários à execução do serviço
B ( ) Equipamento responsável pela transformação do sinal básico de informação
C ( ) Equipamento necessário à transformação do sinal de rádio
D ( ) Uma caixa contendo um transmissor
E ( ) Nenhuma das anteriores
39)Quando o seu melhor amigo estiver modulando com mais dois colegas, você:
A ( ) Pede oportunidade e já fala
B ( ) Não o cumprimenta e não lhe dirige a palavra até chegar a sua vez
C ( ) Se estão em grupo de amigos conversando assuntos de seu interesse, lhe é facultada a palavra
D ( ) Não existe "vez" de chagada quando se está entre amigos
E ( ) Todas estão erradas
40)Um procedimento "aceitável" para participar de uma rodada é:
A ( ) Cumprimentar cm "bom-dia" ou "boa-tarde", etc.
B ( ) Informar o "QRA" e aguardar
C ( ) Solicitar "break" e aguardar
D ( ) Pedir "oportunidade"
E ( ) Aproveitar um espaço de câmbio e iniciar a conversa
41)Num "pile-up" o radioamador deve:
A ( ) Manter QSO com uma só estação
B ( ) Informar somente o QSA
C ( ) Registar por ordem de chegada e informar o QSO
D ( ) Sendo várias estações de um só local, deve-se atender apenas uma e confirmar a região ou país
E ( ) Atender somente um radioamador de cada região e informar que seu endereço está no guia
42)Quando uma estação operar em "split" o radioamador deve:
A ( ) Ter um equipamento com VFO remoto para acompanhar o QSO em RX e TX
B ( ) Ter um equipamento com a mesma marca
C ( ) Pertencer à mesma classe do radioamador que estiver operando
D ( ) Tentar um QSO de qualquer maneira para faturar a figurinha
E ( ) Não vale a pena tentar; este tipo de antena é de fabricação artesanal e poucos a possuem
43)O quê se entende por "BEACON"?
A ( ) Transmissores para irradiação de sinal piloto
B ( ) Uma estação especial para DX
C ( ) Uma repetidora-laboratório
D ( ) O indicativo de uma repetidora
E ( ) Indicativo especial de uma repetidora para concursos
44)O quê é "TX" ?
A ( ) Pessoa que realiza contato a longa distância
B ( ) É um código fonético do Japão
C ( ) É um indicativo próprio para operar em telegrama
D ( ) Transmitir em uma freqüência e receber em outra
E ( ) Freqüência de transmissão
45)O quê é um Manager ?
A ( ) Gerente de QSL, pessoa que centraliza (recebe) e distribui QSL’s para radioamadores
B ( ) Local onde centraliza o recebimento de QSL’s
C ( ) É o operador de DX
D ( ) Somente aquele que opera em split
E ( ) Nenhuma das anteriores
46)Entende-se por países o termo utilizado para designar:
A ( ) Um local no exterior onde está um operador modulando
B ( ) Local físico geograficamente delimitado
C ( ) O termo é bastante claro. Não tem sentido duplo
D ( ) Um conjunto de ilhas onde se realizam contestes
E ( ) Parâmetro formal de localidades que para efeito de DX seriam consideradas como país
47)Para efeito de DX, no Brasil, quanto países temos ?
A ( ) O Brasil é um país e assim é considerado
B ( ) Teremos tantos quanto desejarmos. Bata haver um conteste
C ( ) Somente a ilha de Guaratuba pode ser considerada para efeito de DX, um país
D ( ) Somente Santos por sua posição bem definida, pode ser considerada como mais um país dentro do Brasil
E ( ) Quatro países: o Brasil; a ilha de Fernando de Noronha; ilhas de São Pedro e São Paulo, e a ilha de Trindade são consideradas como países para efeito de DX

48)Com referência às alterações que acontecem nas normas de execução do serviço de radioamadorismo, o radioamador deve:
A ( ) Estar sempre atualizado com a legislação
B ( ) Legislação nada tem a ver com as normas de execução do serviço de radioamador
C ( ) Uma vez aprovado e sem interesse de promoção, o que vale é a prática, o dia a dia
D ( ) As normas de execução do serviço de radioamador são funções do Ministério das Comunicações
E ( ) Todos estão errados
49)Para faturar uma figurinha numa pile-up, você deve:
A ( ) Perguntar "PSE UR CALL"
B ( ) Oferecer seu indicativo sem saber de quem se trata
C ( ) Escutar bastante antes
D ( ) Somente as alternativas A e B estão corretas
E ( ) Todas estão erradas
50)Em uma rodada é aconselhável:
A ( ) Manter QSO bilateral
B ( ) Cumprimentar somente o comandante
C ( ) Solicitar que os demais aguardem até que você transmita o seu câmbio
D ( ) Aproveitar a oportunidade para fazer crítica a algum colega
E ( ) Todas estão erradas
R E S P O S T A S
01
A
11
B
21
C
31
D
41
C
02
B
12
B
22
C
32
D
42
A
03
D
13
C
23
B
33
E
43
A
04
B
14
A
24
D
34
A
44
E
05
B
15
C
25
C
35
B
45
A
06
D
16
A
26
A
36
E
46
E
07
B
17
B
27
E
37
A
47
E
08
C
18
D
28
E
38
A
48
A
09
D
19
D
29
C
39
B
49
C
10
E
20
D
30
C
40
B
50
E

Secretaria apresenta novos esclarecimentos sobre assalto ao Unibanco


Secretaria apresenta novos esclarecimentos sobre assalto ao Unibanco

Dos R$ 11 mil levados do banco na terça-feira (29), apenas R$ 1 mil foram recuperados pela polícia até o momento.

Por Artur Dantas

Na noite desta quarta-feira (30), em uma coletiva de imprensa,  a Polícia apresentou novidades relacionadas ao assalto ao Unibanco realizado na terça-feira (29). Das cinco pessoas envolvidas (três homens e duas mulheres), apenas uma foi distanciada do caso por falta de provas que comprovassem a participação.

No entanto, Geraldo Gilmar Saldanha dos Santos (31) e seu irmão Fábio Fernandes Saldanha (23), além de Ronaldo Leite Batista (27) e Ana Cristina Meira Veras de Melo (38), foram reafirmados como componentes do bando que teriam assaltado a casa bancária.

Com o grupo foi recuperado R$ 1 mil dos R$ 11 mil levados pelo grupo. O delegado  Atanásio Gomes, responsável pela investigação explicou que boa parte do dinheiro já havia sido depositado pelo grupo, em lotes de R$  2 e R$ 3 mil, nesta quarta-feira.



Além do montante recuperado, dois carros  foram apreendidos . Um Ford Ka preto de placas MYT-3346, usado no assalto, e um Corsa, de placas MOK-2233.

Os detidos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória e ficarão a cargo da Coordenadoria de Administração Penitenciária.


Ação
Geraldo Gilmar Saldanha e Ana Cristina foram abordados pela Polícia no momento que embarcavam no carro, estacionado no Midway Mall. Os dois foram cercados e, em seguida, levados até a casa da mulher, localizada em um condomínio na avenida Auris Coelho, nop bairro de Nova Descoberta.



O delegado Elias Nobre, da Degepol, informou que na residência foram apreendidas uma pistola 380, uma arma do segurança do Unibanco e um colete da empresa Nordeste, possivelmente roubado em outra ação do grupo.

Em depoimento prestado ao tittular da Degepol, Gilmar Saldanha explicou que um outro homem "desconhecido" teria participado da ação. No entanto, para Elias Nobre, a informação pretende distanciar o seu irmão do caso.


Fonte: nominuto.com
 

Assembleia Legislativa aprova aumento do efetivo da PM - Lei 392/2009


Assembleia Legislativa aprova aumento do efetivo da PM

Pauta da autoconvocação prevê ainda a votação de outros quatro projetos nesta terça-feira. Redistribuição do ICMS é o mais polêmico.

Por Alisson Almeida

Deputados aprovaram na tarde desta terça-feira (29), durante a autoconvocação da Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei Complementar Nº 392/09, que autoriza o governo estadual a aumentar o efetivo da Polícia Militar. 

O deputado Gilson Moura (PV) apresentou uma emenda aditiva à matéria que foi aprovada por unanimidade, com 21 votos favoráveis. Apenas três deputados faltaram à votação: Gesane Marinho (PMN), Antônio Jácome e Vivaldo Costa.

A pauta da reunião prevê ainda a aprovação de outras três matérias: o polêmico projeto de redistribuição do ICMS entre os municípios potiguares; o projeto do auxílio-saúde e auxílio-alimentação dos funcionários do Tribunal de Contas; e o projeto que reajusta em 5% as custas processuais do Tribunal de Justiça.

Fonte: nominuto.com

Operação Morro do Careca: dez são presos e um menor apreendido


Operação Morro do Careca: dez são presos e um menor apreendido

Nas primeiras horas desta quarta-feira (30), as polícias civil e militar prenderam sete. Outros três adultos já tinham sido detidos antes.

Por Túlio Duarte
Tamanho do texto: A  
Desde as 5h desta quarta-feira (30), cerca de 100 policiais civis e militares cumprem mandados de busca e apreensão. A ação faz parte da "Operação Morro do Careca", que tem o objetivo de combater o tráfico de drogas em Ponta Negra. 

De acordo com o coordenador da operação, o sub-secretário de Segurança Pública Ben-Hur Cirino de Medeiros, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão nesta manhã.  

Ben-Hur disse ainda que só nas primeiras horas desta quarta-feira sete pessoas foram presas e um menor apreendido. A esses se somam mais duas pessoas que foram presas há uma semana. "Com a prisão dessas duas foi quando houve a materialização do crime e associação ao tráfico de drogas”, disse Ben-Hur.

Um outro foi preso recetemente, trata-se do suposto sequestrador da adolescente de 15 anos, Marcelo André Gomes Ferreira. "Ao todo são dez pessoas presas e um menor apreendido", esclareceu o coordenador da operação.

Ainda hoje, a Secretaria de Segurança Pública deve convocar uma entrevista coletiva para repassar à imprensa os detalhes da operação e os nomes dos envolvidos

Fonte: nominuto.com

Operação Verão 2010 começa com um aumento de mais 600 no efetivo da segurança


Operação Verão 2010 começa com um aumento de mais 600 no efetivo da segurança

Objetivo é garantir a segurança e prevenção de acidentes em todo o litoral potiguar, de Tibau a Baía Formosa .

Por Túlio Duarte
A “Operação Verão 2010” começa hoje e termina depois do Carnaval. Na manhã desta quarta-feira (30), uma solenidade na praia do Meio marcou o início da operação, que tem o objetivo de garantir a segurança e prevenção de acidentes ao longo do litoral potiguar.

Para isso, o policiamento foi reforçado. Nesses próximos dois meses, um efetivo extra de mais de 600 policiais civis e militares e soldados do Corpo de Bombeiros Militar vão atuar em todo o litoral do Rio Grande do Norte, de Tibau à Baía Formosa.

Segundo o comandante da Polícia Militar, Marcone Pinheiro, os policiais que vão atuar na operação são os que estão de folga e os da atividade administrativa. “Com o incentivo das diárias operacionais eles se apresentaram para reforçar a segurança do norte rio grandense e do turista”, disse o comandante.

Só no trecho que compreende as praias de Muriú e Barreta são 308 policiais militares. “Temos que ter um reforço maior nas praias urbanas da Região Metropolitana de Natal, pois o fluxo de pessoas é maior nessas praias”, disse o comandante do policiamento da Região Metropolitana, coronel Araújo.

O corpo de Bombeiros Militar vai atuar na operação com 60 homens, sendo 30 deles por dia. “Além dos recursos humanos, estaremos com duas Troller, duas Ranger, duas F250, uma Kombi”, disse o sub-comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Gervásio Bentes.

Duarante a solenidade na manhã desta quarta, houve uma simulação de um afogamento, para mostrar o trabalho dos salva-vidas e a atuação conjuta das policias.

Já a Polícia Civil vai estar com cerca de 30 policiais extras atuando em três equipes volantes, que vão percorrer o litoral de norte a sul . Segundo o delegado geral de polícia civil, Elias Nobre, há ainda um reforço de 40 policiais no efetivo das delegacias de Maxaranguape, Pipa, Nísia Floresta e de Tibau. “São dez para cada uma dessas delegacia”, detalhou o delegado.

Presente a solenidade, a governadora Wilma de Faria falou dos investimentos feitos em seu governo. “Esse é um momento simbólico, mas um momento importante para mostrar nosso trabalho. Estamos investindo. São veículos novos, equipamentos, treinamentos, bolsas, melhores condições de trabalho.

Mais informações em instantes.


Fonte: nominuto.com

Segurança: Operação Verão é lançada hoje


Segurança: Operação Verão é lançada nesta quarta-feira

Solenidade que acontece às 9h desta quarta-feira (30), na praia do Meio, irá detalhar o planejamento para a segurança nesse período do veraneio.

Por Túlio Duarte

Foto: Divulgação
A Operação Verão 2010 vai funcionar em toda a costa do Estado
A Operação Verão 2010 está prevista para ser lançada às 9h desta quarta-feira (30), na praia do Meio, em frente ao antigo Hotel Reis Magos. Na solenidade será feito o detalhamento da atuação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar.

De acordo com o comandante do policiamento na Região Metropolitana, coronel Araújo, a Polícia Militar vai aumentar em 500 policiais o efetivo/dia. “Amanhã vamos detalhar quantos vão ficar empregados em cada área da costa”, disse Araújo.

A Operação Verão 2010 vai funcionar em toda a costa do Rio Grande do Norte, desde a praia de Tibau até Baia Formosa. O Corpo de Bombeiros também vai intensificar o patrulhamento nas praias neste período do veraneio, em que o números de turistas aumenta e, consequentemente, acontecem mais acidentes.
Foto: Isabela Santos


“No período normal funcionamos com quatro postos, e na Operação vamos ter oito postos”, disse o comandante do Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros Militar, major Monteiro.

Ele disse que para este ano a Instituição espera contar com os 100 alunos que estão estagiando na disciplina de Salvamento Aquático. Mas apesar do número, os alunos só podem estagiar nos finais de semana, pois durante a semana estão estudando no Curso de Formação.
Foto: Divulgação


“Em relação a última operação vai haver um aumento, uma intensificação do patrulhamento nos finais de semana. Já durante a semana, talvez, a quantidade de guarda-vidas seja menor”, disse Monteiro.

Os detalhes da operação serão repassados na solenidade desta quarta, da qual participam a governadora Wilma de Faria, os comandantes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, o secretário estadual de Turismo, além dos segmentos de taxistas, moto entregadores, bares, restaurantes e hotelaria. 

Fonte: nominuto.com

Vagas criadas pela lei que redimensiona os Quadros da PM serão preenchidas até ABRIL de 2010


Vagas criadas pela lei que redimensiona os Quadros da PM serão preenchidas até ABRIL de 2010

Asvagas criadas pelo projeto de lei que redimensiona os Quadros na PM está prevista para ser sancionada hoje, dia 30/12/2009, segundo afirma o Cel Araújo ao Jornal de Hoje 1a Edição, deste dia 30/12/2009.

Sendo sancionada ainda neste ano de 2009, a previsão é de que as vagas sejam preenchidas até o mês de abril de 2010, quando estão previstas as promoções gerais que ocorrem nos meses de abril e setembro de cada ano.

As tabelas foram acrescidas das seguntes vagas para os respectivos Quadros:

OFICIAIS:
Coronel ............... 03
Tenente Coronel 10
Major .................. 15
Capitão ............... 30
1o Tenente ........ 40
TOTAL .............. 98

QUADRO DE OFICIAIS AUXILIARES (QOA)
Capitão ............... 03
1o Tenente ........ 06
2o Tenente ........ 12
TOTAL .............. 21

QUADRO DE OFICIAIS ESPECIALISTAS (QOE)
Capitão ............... 01
1o Tenente ........ 03
TOTAL .............. 04

QUADRO DE PRAÇAS COMBATENTES (QPPMC)
Subtenente .. 100
1o Sargento .. 150
2o Sargento .. 300
3o Sargento .. 300
Cabo .............. 300
TOTAL ......... 1.150

QUADRO DE PRAÇAS ESPECIALISTAS (QPPME)
Subtenente .. 05
1o Sargento .. 10
2o Sargento .. 15
3o Sargento .. 30
TOTAL ......... 60

QUADRO EXCEDENTE DE PRAÇAS (QEP)
3o Sargento .. 250
Cabo .............. 150
TOTAL ......... 400

Um total de 1.733 vagas criadas pelo referido projeto que redimensiona os Quadros da PM/RN, proporcionando a ascenção funcional de muitos PMs que esperam há muito tempo uma promoção.

O Comando já começou a seleção e publicou edital para preencher as 10 vagas de especialista criadas pela Lei Complementar 408, de 24/12/2009, com inscrições relâmpago para os dias 29 e 30 deste mês.

Para acessar na íntegra do projeto que redimensiona os cargos na PM 
clique aqui.

Fonte: Aspra 

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

ATA DE CONCLUSÃO DO CURSO DE FORMAÇÃO DE CABOS –2004 BOLETIM GERAL N.º 236 Natal/RN, em 21 de Dezembro de 2004 (Terça-feira)

II   -     ATA DE CONCLUSÃO DO CURSO DE FORMAÇÃO DE CABOS –2004
“Aos dezessete dias do mês de dezembro do ano de dois mil e quatro, em Natal/RN, capital do Estado do Rio Grande do Norte, na ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR CEL MILTON FREIRE DE ANDRADE - (APM). Foi avaliado o aproveitamento dos Alunos Cabos, durante o curso nas diferentes disciplinas, logrando a classificação que se segue pelo principio de merecimento intelectual, os seguintes Alunos Cabos: LUCIANA Cheim Pereira Galvão, com grau, 8,011; ALDIMAR de Macedo Santos, com grau, 7,936; MÁRCIA MARIA de Siqueira Morais, com grau, 7,872; NICODEMOS Silva de Lima, com grau, 7,861; PATRICIA da Silva Ramalho, com grau, 7,856; PRYSCILLA Silva de Melo, com grau; 7,841; Reinaldo Alves DE LIMA, com grau, 7,817; TALITA Carmem Lemos de Góes, com grau, 7,815; ERIQEINE Isbelo de Araújo, com grau, 7,793; ALEKSANDRO de Souza, com grau; 7,789; ROGÉRIO Braz do Nascimento, com grau, 7,788; OZEJANE Lino da Costa, com grau; 7,784; CLEIDE de Souza Silva, com grau, 7,773; Jorge Luiz RIBEIRO da Silva, com grau, 7,767; Marcos ADRIANO de Oliveira Inácio, com grau, 7,766; Pedro MIGUEL de Lima Júnior, com grau, 7,764; Ricardo ALEXANDRE Rodrigues do Amaral, com grau, 7,754; João Maria XAVIER, com grau, 7,752; TRANSBETHÂNIA de Lima Barbosa, com grau, 7,752; JOSENALDO da Silva Alves, com grau, 7,742; Antônio Everaldo de Lima JÚNIOR, com grau, 7,726; EDIGLÊ Tertuliano Rego, com grau, 7,725; Francisco VIANÊZ Garcia de Almeida, com grau, 7,708; Lavoisier Souza de ARAÚJO, com grau, 7,703; Flávio Oliveira de AMORIM, com grau, 7,702; Adriano BORGES de Mendonça,  com  grau,  7,700;  Marcílio  de  CARVALHO  Régis,  com   grau,  7,678;  João

                                 BG n.º 236 de 21 de Dezembro de 2004                               2922

MARCOS Cavalcante, com grau, 7,669; José Aldenir dos Santos de MEDEIROS, com grau, 7,668; JOSIVAN Fernandes de Oliveira, com grau, 7,665; ELVIS Fernandes Celis, com grau, 7,665; SHIRLENE Silva, com grau, 7,662; Francisco ELIVAN de Souza, com grau, 7,654; João Maria de PAIVA Alves, com grau, 7,641; EVERALDO Alves de Lima, com grau, 7,632; VALTER José de Medeiros, com grau, 7,627; FERNANDO de Oliveira Alves, com grau, 7,622; RUDNEY de Oliveira Pinto, com grau, 7,621; Adriano FABER Duarte Arnaud, com grau, 7,618; Jonh KENNEDY Bezerra da Silva, com grau, 7,613; Evânio da SILVA Alves, com grau, 7,612; João Batista NOBRE Ribeiro, com grau, 7,594; Luiz Gomes Marinho NETO, com grau, 7,594, VANDERCLASSION Joaquim da Silva, com grau, 7,592; LUCINALDO Ribeiro Alves, com grau, 7,584; José de Arimatéia de ARAGÃO Júnior, com grau, 7,583; JORINALDO de Souza, com grau, 7,581; Sérgio Luiz GONZAGA do Nascimento, com grau, 7,580; José Antônio LUCAS Baracho, com grau, 7,570; IVANALDO Soares Santiago, com grau, 7,559; Reginaldo LUÍS de Araújo, com grau, 7,552; Kleber HERTON Alves de Araújo, com grau, 7,550; DONIZZETTE Gomes de Oliveira, com grau, 7,546; JANILDO da Silva Arante, com grau, 7,545; Rogério RUBENS Fernandes da Silva, com grau, 7,540; Francisco HORÁCIO Pereira Pinto, com grau, 7,539; Alexandre Jesus MARQUES, com grau, 7,535; ROSA Amélia Fernandes da Paz, com grau, 7,531; CIDCLEY Pinheiro de Melo, com grau, 7,517; José MARCOS Gonçalves, com grau, 7,517; Jean Rodrigues de OLIVEIRA, com grau, 7,515; Flávio Bezerra BISPO, com grau, 7,513; ISAIAS Justino de Souza, com grau, 7,511; EMERSON Luiz da Silva, com grau, 7,505; LAÉRCIO Cosme da Silva, com grau, 7,504; Jailson Rodrigues da SILVA, com grau, 7,487; José IVAN de MACEDO, com grau, 7,484; José Ednaldo DE OLIVEIRA, com grau, 7,482; Carlos BENIGNO Júnior, com grau, 7,475; José PAULO e Silva Júnior, com grau, 7,470; Jair de Souza FARIAS, com grau, 7,466; Marcos AURÉLIO de Oliveira, com grau, 7,465; João Batista DOS SANTOS, com grau, 7,461; Genilson Silva GOMES, com grau, 7,442; Helvidio CÉSAR dos Santos, com grau, 7,438; Antônio MORAIS de Araújo, com grau, 7,436; EDNALDO da Silva, com grau, 7,434; Carlos Roberto de AQUINO, com grau, 7,427; César Cals de QUEIROZ, com grau, 7,420; FRANKLIN Sales de Oliveira, com grau, 7,410; Luciano da Silva REIS, com grau, 7,401; HERONIDES Mangabeira de Araújo Júnior, com grau, 7,385; Marco Aurélio CARVALHO da Rocha, com grau, 7,381; Emerson Lima Moreira de MENEZES, com grau, 7,376; CESAR da Silva Barbosa, com grau, 7,369; Paulo Pinheiro de MACEDO NETO, com grau, 7,366; José Adriano CHAVES, com grau, 7,366; Luiz CARLOS Gomes Pereira, com grau, 7,363; LENILSON Pereira da Silva, com grau, 7,341; CLÁUDIA Ferreira de França, com grau, 7,334; ERNANDES da Silva Braga, com grau, 7,325; ADILSON Alves de Araújo, com grau, 7,309; João Maria Ferreira de LIMA, com grau, 7,299; KENNETH de Holanda Alves, com grau, 7,298; JEOÁS Nascimento dos Santos, com grau, 7,283; MARCELO Pereira da Costa, com grau, 7,233; Alexandre DOUGLAS Ferreira, com grau, 7,232; Telemarques FERNANDES de Lima, com grau, 7,198; SHIRLEY Simone dos Anjos de Souza, com grau, 7,169; JOSIMÉRIO de Abreu Silva, com grau, 7,150; Ricardo BRUNO Costa da Silva, com grau, 7,148; Alisson MAGNO Borges Marques, com grau, 6,912. Deve-se ressaltar, para os devidos fins e efeitos legais que, dentro da ordem classificatória supra transcrita os alunos abaixo relacionados não preencheram alguns requisitos exigidos no processo seletivo, porém ingressaram no citado  curso,  ora  concluído  através  de  medida  judicial  cuja  ação  impetrada  com   essa

                                 BG n.º 236 de 21 de Dezembro de 2004                               2923

finalidade, tão somente, cujo mérito ainda não foi julgado, a saber: Kenneth de Holanda Alves, em atendimento ao Mandado de Segurança Nº 02.000298-0 - TJE/RN, Alisson Magno Borges Marques, em atendimento ao Mandado de Segurança Nº 02.0002947 - TJE/RN, Telemarques Fernandes de Lima, em atendimento ao Parecer da Assessoria Jurídica no Processo Nº 518/2002-DP de 18 de Julho de 2002, Protocolo Nº 44322/2002, constante às folhas Nº 37 a 39, datadas de 24 de setembro de 2002 e Nº 43, datada de 26 de março de 2003, Josimério de Abreu Silva, conforme Autos de Ação Processo Nº 001.04.003867-0, Ação Ordinária com pedido de antecipação de tutela.    E para constar, foi lavrada a presente ATA, que se acha digitada e assinada em triplicata, na forma legal.   APM em Natal (RN), 17 de dezembro de 2004. RICARDO LUIZ DE ALBUQUERQUE COSTA, Ten Cel PM Comandante da APM; DANCLEITON PEREIRA LEITE, Maj  PM Chefe da Divisão de Ensino; QUEILA SOARES DE OLIVEIRA, 1º Ten PM Chefe da Seção Técnica de Ensino;
DESPACHO: Em, 17 de dezembro de 2004. 1) Homologo a presente ATA, determinando: a)  A Ajudância Geral para publicação em BG; b)  A DP para as providências decorrentes; 2)  ARQUIVE-SE.
EDVALDO BALBIBNO RODRIGUES – Cel PM Comandante Geral”