quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Ataques contra Polícia Militar e ônibus continuam em Salvador

09/09 - 10:29 , atualizada às 11:42 09/09 - Redação com Agência Estado

Postos da Polícia Militar e coletivos continuam sendo atacados em Salvador, na Bahia, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública do Estado. Na madrugada desta quarta-feira foram registrados ataques contra um módulo desativado da Polícia Militar no bairro Engenho Velho da Federação.

AE
Ataques contra a polícia na Bahia

Ataques contra a polícia na Bahia

Ninguém ficou ferido. Segundo a Secretaria, policiais militares iniciaram uma perseguição contra três suspeitos do ataque, que foram mortos na Estrada do Coco, após tiroteio.

Também no início da madrugada, homens atearam fogo a um ônibus da Empresa Litoral Norte, que não chegou a ser totalmente destruído, no bairro Federação. Não há registro de feridos.

A polícia militar está reforçando a segurança na cidade para combater o vandalismo, segundo a Secretaria, que deve divulgar um balanço oficial sobre número de presos e de ataques à PM na tarde desta quarta-feira.

Transferência de traficantes

Os ataques começaram na madrugada de domingo, quando cerca de 12 homens, em três carros, atiraram em direção aos postos militares do Uruguai, Ribeira, Estações Pirajá e Mussurunga, deixando três policiais feridos e três suspeitos mortos.

O movimento estaria vinculado à transferência do traficante Cláudio Eduardo Campanha, de Salvador, para o presídio de segurança máxima de Campo Grande, no Estado do Mato Grosso do Sul.

Mais da Bahia!!!

10/09/09 - 00h41 - Atualizado em 10/09/09 - 00h42

Outro ônibus é incendiado em Salvador

Ataque ocorreu na noite de quarta (9).
Desde segunda (7), a capital baiana tem sido alvo de ataques.

Do G1, com informações do Jornal da Globo

Um ônibus foi incendiado na noite desta quarta-feira (9) em Salvador, no terceiro dia de ataques do tipo na capital baiana - além de ônibus, a Polícia Militar também tem sido alvo.

Veja o site do Jornal da Globo

Durante a tarde de quarta, outro ônibus já havia sido incendiado. E incidentes semelhantes vêm ocorrendo desde segunda-feira (7). A suspeita é que os atentados tenham ligação com a transferência de um preso para Campo Grande.

Na noite desta quarta, a Seleção Brasileira jogou em Salvador e derrotou o Chile por 4 a 2 (leia o relato do jogo). O policiamento foi reforçado dentro e fora do estádio.


Durante o começo da noite várias viaturas da polícia ainda faziam rondas pela cidade.

O governador Jaques Wagner afirmou nesta quarta que não descarta a possibilidade de chamar a força nacional para conter as ações criminosas.