Pular para o conteúdo principal

Três assaltos a ônibus são registrados em apenas uma noite em Natal


Ao longo de todo o dia desta quarta-feira, foram registrados cinco casos.

Sérgio Costa, Portal BO, 
onibus_assalto_m1
As barreiras montadas pela Polícia Militar em vários pontos de Natal parecem que não intimidaram os criminosos. Na noite desta quarta-feira (7), três ônibus foram assaltados, todos na Avenida Bernardo Vieira, em intervalo de tempo pequeno. Uma mulher foi presa suspeita de ter participado desses delitos.
Um dos assaltos aconteceu na linha 59 da Conceição, que faz o percurso Guarapes-Brasília Teimosa. Duas mulheres subiram no veículo, na Avenida Bernardo Vieira, nas Quintas, e anunciaram o assalto. Uma delas estava armada com uma faca e colocou a arma no pescoço do motorista, para que ele entregasse o dinheiro.
Cerca de 30 minutos depois, um ônibus da linha 79 (Parque das Dunas-Mirassol), da empresa Guanabara, também foi alvo de assalto na Avenida Bernardo Vieira. Nesse caso, dois homens e uma mulher entram no transporte coletivo e anunciaram roubo. Após recolherem objetos e dinheiro do motorista e dos passageiros, eles fugir
am em direção à favela do Japão.
faca_assalto_m1
Bem próximo ao local onde foi registrado esse assalto, a Polícia Militar realizava uma barreira e foi avisada. Com isso, militares da Cavalaria entraram na comunidade e recuperaram pertences das vítimas, bem como apreenderam uma faca possivelmente usada em um dos crimes.

Uma mulher identificada como Meirane Serafim da Silva, de 24 anos, foi presa por suspeita de ter participado dos assaltos. Em entrevista para o Portal BO, ela revelou que não participou dos assaltos a ônibus e sim a uma mulher que estava em uma parada naquelas imediações.
De acordo com o cabo Lucena, do 9º Batalhão, Meirane já foi presa. Além desses dois assaltos, um terceiro foi registrado também na Avenida Bernardo Vieira, ainda na noite desta quarta-feira. No total, ao longo de todo o dia de ontem, foram cinco roubos, mesmo com a Polícia Militar tendo intensificado a fiscalização.
Mais notícias policiais no Portal BO.


Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica