Operação Garimpo: quadrilha roubou mais de dez residências em Natal

Três homens foram presos e um adolescente apreendido na ação que desarticulou o bando especializado em roubo de casas.

Fonte: nominuto.com 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Por Thyago Macedo
 
Foto: Thyago Macedo
A quadrilha desarticulada pela Polícia Civil na Operação Garimpo foi responsável por mais de dez roubos a residências nos últimos meses em Natal. Na tarde desta terça-feira (22), a Delegacia Geral da Polícia Civil apresentou o resultado da ação que teve a prisão de três homens e um adolescente.

A Operação Garimpo recebeu esse nome em virtude da grande quantidade de jóias encontrada em poder dos criminosos presos. De acordo com a delegada Sheila Almeida, titular da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos, jóias e dinheiros eram os principais objetos de desejo da quadrilha.

“Nós começamos a investigar esse bando depois de um assalto no dia 17 de maio. Na ocasião, eles roubaram uma casa no Parque das Colinas. Dois dias depois, nós registramos outro assalto e no mesmo modus operandi”, destaca a delegada.

Foto: Reprodução/Thyago Macedo

De lá para cá, a titular da Defur afirma que foram 12 roubos a residências registrados na unidade policial. “Eles atuavam em Candelária, Parque das Colinas e Capim Macio”, frisa. Entre três homens presos está o líder da quadrilha, Melquisedeque Oliveira Pires, de 31 anos.

Ele é ex-presidiário, tendo cumprido pena por um homicídio em Areia Branca. “Esse pessoal é de Mossoró vieram roubar aqui em Natal”, comenta Sheila Almeida. Além de Melquisedeque, foram presos o irmão dele, Agamenon Oliveira, de 39 anos, e Eder Wosgneton Alves, conhecido como “Piolho”.
Foto: Reprodução/Thyago Macedo

“O detalhe curioso é que nós também apreendemos o irmão do Piolho, um adolescente de 14 anos. Apesar de novo, ele é bastante perigoso e estava em Liberdade Assistida por assalto em Mossoró. O adolescente era conhecido no grupo como ‘Carrapato’. Segundo eles mesmos, esse apelido surgiu porque o menino queria participar de todas as ações da quadrilha”, revela a delegada.

Com as três prisões e uma apreensão, a polícia dará continuidade as investigações e pretende prender o resto do bando nos próximos dias. “Nós já temos identificadas os outros membros”, disse. De acordo com Sheila Almeida, a quadrilha é composta por aproximadamente 12 pessoas.
Foto: Reprodução/Thyago Macedo

As que foram presas estavam escondidas em duas casas na Redinha. No local, os policiais encontraram mais de 200 objetos roubados, como jóias e três carros. Também foram apreendidas duas pistolas calibre 380 e dois revólveres calibre 38. “Além disso, encontramos um cartucho de munições calibre 9 milímetros”, lembrou.

Os integrantes da quadrilha presos na Operação Garimpo já foram reconhecidos por algumas vítimas. A polícia ressalta, no entanto, que quem tiver mais informações a respeito do bando pode denunciar através do disque denúncia 0800-084-2999. As pessoas que denunciarem tem a identidade mantida em sigilo.

Foto: Reprodução/Thyago Macedo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Canções Militares para o TFM.

Canções para TFM

Canções diversas (contribuição de leitores do Blog)