Pular para o conteúdo principal

Marina Silva - Maria Osmarina Marina Silva de Lima - Biografia

Biografia

Maria Osmarina Marina Silva de Lima nasceu no dia 8 de fevereiro de 1958 na localidade de Breu Velho, no Seringal Bagaço, no estado do Acre. Aos 16 anos foi para Rio Branco, quando se alfabetizou pelo antigo Mobral. Seu primeiro emprego foi de empregada doméstica. Aos 26 anos formou-se em História pela Universidade Federal do Acre.

Participou das Comunidades Eclesiais de Base, de movimentos de bairro e do movimento dos seringueiros. Em 84 participou da fundação da CUT no Acre. Chico Mendes foi o primeiro coordenador da entidade e Marina a vice-coordenadora.

Militou no Partido dos Trabalhadores (PT) desde a sua fundação e filiou-se ao partido em 1985.

Em 88 foi a vereadora mais votada em Rio Branco. Em 1990 foi a deputada estadual mais votada. Em 94, aos 36 anos, chegou a Brasília como a senadora mais jovem da história da República e a mais votada entre os candidatos do Acre. Dois anos depois recebeu o Prêmio Goldman de Meio Ambiente dado anualmente para ativistas ligados a ações comunitárias de proteção ao meio ambiente.

Reelegeu-se senadora em 2002, com votação quase três vezes superior à anterior. Em 2009, anunciou a sua desfiliação do PT justificando que faltaram condições políticas para fazer a questão ambiental alojar-se no coração do governo e do conjunto das políticas públicas. Atualmente é filiada ao Partido Verde.

Em 2007 recebeu o prêmio “Champions of the Earth” da ONU por sua luta para proteger a floresta amazônica — concedido a seis outras personalidades: o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore; o príncipe Hassan Bin Talal, da Jordânia; Jacques Rogge, do Comitê Olímpico Internacional (COI); Cherif Rahmani, da Argélia; Elisea “Bebet” Gillera Gozun, das Filipinas, e Viveka Bohn, da Suécia.

Também em 2007, foi escolhida pelo jornal britânico The Guardian como uma “as 50 pessoas que podem ajudar a salvar o planeta”. Foi ministra do Meio Ambiente do governo Lula, de 2003 a maio de 2008.

Em 2008, foi homenageada em São Francisco-Califórnia com o prêmio World Rainforest Award concedido pela Rainforest Action Network (RAN), como reconhecimento pelo seu trabalho e o seu enorme compromisso para proteger a floresta tropical Amazônica. Também em 2008, foi homenageada com o prêmio Duke of Edinburg da WWF, pela sua liderança na criação do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia Regional.

Em 2009, recebeu o prêmio Sophie da Sophie Foundation, concedido a pessoas e organizações que se destacam nas áreas ambientais e do desenvolvimento sustentável, Noruega/Oslo. Também em 2009, recebeu da Fundação Príncipe Albert II de Mônaco, o Prêmio sobre Mudança Climática (Climate Change Award), em reconhecimento à sua contribuição para projetos na área do meio ambiente, ações e iniciativas conduzidas sob a ótica do desenvolvimento sustentável.

Marina tem sua vida contada em duas biografias, as duas primeiras lançadas em 2002, uma no Brasil e outra nos Estados Unidos: “Marina Silva”, da coleção Fé e Política da Editora Salesiana; e “Marina Silva – Defendendo as Comunidades da Floresta Tropical no Brasil” (Marina Silva – Defending rainforest communities in Brazil), da coleção Mulheres Mudando o Mundo, da editora The Feminist Press, da Universidade da Cidade de Nova Iorque.


http://cabofernandodareserva.blogspot.com/2010/05/biografia.html

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica