Pular para o conteúdo principal

Proerd é ampliado nas escolas municipais de Natal


Na tarde desta terça-feira, a prefeita Micarla de Sousa assinou termo de cooperação técnica e logística para ampliação do Programa da Polícia Militar.
Por Redação



As escolas da rede municipal de ensino dizem não às drogas. E essa proteção foi intensificada nesta terça-feira (31) com assinatura de um convênio entre o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Prefeitura do Natal. Nesta tarde, a prefeita Micarla de Sousa assinou um termo de cooperação técnica e logística para ampliação do Proerd.

O programa leva a presença policial às escolas e é coordenado pela major Margarida, da Polícia Militar. As informações transmitidas às crianças a respeito das drogas e dos tipos de abordagens que estão sujeitas atuam como prevenção, para que conscientizadas no dia-a-dia, possam dizer “não” às drogas.

Esta é a segunda ampliação do Proerd na rede municipal. Em novembro do ano passado, o programa chegou a 35 escolas. Segundo major Margarida, até o final de outubro serão 50 escolas e seis mil alunos e até dezembro o programa irá beneficiar sete mil alunos, sem contar os cursos para os pais (quase 1.500 famílias), e outras ações desenvolvidas durante o ano para a comunidade e a capacitação dos professores da rede.

Com esta parceria, a Secretaria Municipal de Educação dá apoio logístico, através do transporte para os instrutores, alunos (em ocasiões especiais como as solenidades de formação) e camisetas. A secretaria cede ainda o espaço para que as atividades sejam desenvolvidas e também seleciona as escolas que irão ser beneficiadas.

Também fornece apoio financeiro e logístico para os policiais que atuarão nas escolas selecionadas e se compromete a manter o professor em sala de aula, a fim de auxiliar o instrutor do Proerd, se compromete também a divulgar o programa no âmbito da rede de ensino e internamente. Da parte do Proerd, é assegurado o material didático a ser utilizado em sala de aula e a prestação de contas dos recursos financeiros repassados.

Na região Norte de Natal, 90% das escolas municipais são cobertas pelo programa. Na região Oeste, que têm um alto índice de criminalidade, notadamente relacionada às drogas, essa cobertura chega a mais de 70% das escolas municipais. Em novembro, quando o Proerd foi ampliado, 47 escolas . O programa teve sua origem nos Estados Unidos da América, no ano de 1983, com o nome “DARE” (Drug Abuse Resistance Education) e atualmente é desenvolvido em mais de 58 países.

Os Policiais Militares especializados em orientar crianças sobre as drogas e a violência são exemplos de cidadania. No Brasil o Proerd foi implantado em 1992 pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. No Rio Grande do Norte o Proerd foi implantado em 2002. Hoje o efetivo de policiais militares instrutores fazem parte da Companhia Independente de Prevenção ao Uso de Drogas (Cipred), criada no final de 2008 através do Decreto 21.002 de 31 de dezembro, é a primeira unidade do país que trabalha exclusivamente na prevenção ao uso de drogas.

Objetivos gerais do Proerd:
1 - Envolver a polícia, a escola, a família e a comunidade na problemática das drogas e da violência;
2 - Desenvolver uma ação pedagógica de prevenção ao uso indevido de drogas e a prática da violência nas escolas;
3 - Desenvolver o espírito de solidariedade, de cidadania e de comunidade na escola.
Objetivos específicos
1 - Sensibilizar os pais e os educadores para o trabalho de prevenção ao uso indevido de drogas e à prática da violência;
2 - Promover o desenvolvimento de valores positivos;
3 - Fortalecer a auto-estima das crianças e dos adolescentes;
4 - Sensibilizar as crianças e os adolescentes para que desenvolvam estilos de vida saudável;
5 - Sensibilizar as crianças e os adolescentes para que reconheçam e resistam às pressões diretas ou indiretas que poderão influenciá-los a experimentar drogas ou mesmo a agirem com violência.

*Com informações da Assessoria da Prefeitura.

http://www.nominuto.com/noticias/policia/proerd-e-ampliado-nas-escolas-municipais-de-natal/59497/

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica