Pular para o conteúdo principal

Brasil - 1950

.
PRIMEIRA FASE
GRUPO 1
Brasil Iugoslávia México Suíça
24/06/1950 - Sábado
BRASIL  4x0  MÉXICO
Local: Maracanã (Rio de Janeiro); Público: 82.000;
Árbitro: George Reader (ING); Gols: Ademir (BRA) 30' do 1º;
Jair (BRA) 20', Baltazar (BRA) 26' e Ademir (BRA) 34' do 2º.
25/06/1950 - Domingo
IUGOSLÁVIA  3x0  SUÍÇA
Local: Independência (Belo Horizonte); Público: 7.500;
Árbitro: Giovanni Galeati (ITA); Gols: Tomasevic (IUG) 15',
Tomasevic (IUG) 25' e Ognjanov (IUG) 30' do 2º.
28/06/1950 - Quarta-feira
SUÍÇA  2x2  BRASIL
Local: Pacaembu (São Paulo); Público: 42.000;
Árbitro: Ramon Azon Roma (ESP); Gols: Alfredo (BRA) 3',
Fatton (SUI) 17' e Baltazar (BRA) 32' do 1º; Fatton (SUI) 43' do 2º.
IUGOSLÁVIA  4x1  MÉXICO
Local: Eucaliptos (Porto Alegre); Público: 11.000;
Árbitro: Reginald Leafe (ARG); Gols: Bobek (IUG) 19' e
Cajkovski (IUG) 22' do 1º; Cajkovski (IUG) 17',
Tomasevic (IUG) 36' e Ortiz (MEX-pênalti) 44' do 2º.
01/07/1950 - Sábado
BRASIL  2x0  IUGOSLÁVIA
Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Público: 142.000; Árbitro: Benjamin Griffiths (GAL);
Gols: Ademir (BRA) 4' do 1º; e Zizinho (BRA) 24' do 2º.
02/07/1950 - Domingo
MÉXICO  1x2  SUÍÇA
Local: Eucaliptos (Porto Alegre); Público: 4.000;
Árbitro: Ivan Eklind (SUE); Gols: Bader (SUI) 10' e
Tamini (SUI) 37' do 1º; Casarin (MEX) 44' do 2º.
COLOCAÇÃO PG J V E D GP GC SG
  BRASIL
5 3 2 1 0 8 2  6
  IUGOSLÁVIA
4 3 2 0 1 7 3  4
  SUÍÇA
3 3 1 1 1 4 6 -2
  MÉXICO
0 3 0 0 3 2 10 -8
.
GRUPO 2
Chile Espanha EUA Inglaterra
25/06/1950 - Domingo
INGLATERRA  2x0  CHILE
Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Público: 30.000; Árbitro: Karen Van der Meer (HOL);
Gols: Mortensen (ING) 27' do 1º; e Mannion (ING) 6' do 2º.
ESPANHA  3x1  EUA
Local: Durival de Brito (Curitiba); Público: 10.000;
Árbitro: Mário Viana (BRA); Gols: John Souza (EUA) 17' do 1º;
Basora (ESP) 30', Basora (ESP) 33' e Zarra (ESP) 40' do 2º.
29/06/1950 - Quinta-feira
ESPANHA  2x0  CHILE
Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Público: 16.000; Árbitro: Alberto Malcher (BRA);  
Gols: Basora (ESP) 17' e Zarra (ESP) 30' do 1º.
EUA  1x0  INGLATERRA
Local: Independência (Belo Horizonte); Público: 10.000;
Árbitro: Generoso Dattilo (ITA); Gol: Gaetjens (EUA) 38' do 1º.
02/07/1950 - Domingo
INGLATERRA  0x1  ESPANHA
Local: Maracanã (Rio de Janeiro); Público: 74.000;
Árbitro: Giovanni Galeati (ITA); Gol: Zarra (ESP) 3' do 2º. 
CHILE  5x2  EUA
Local: Ilha do Retiro (Recife); Público: 9.000;
Árbitro: Mário Gardelli (BRA); Gols: Robledo (CHI) 16' e
Riera (CHI) 32' do 1º; Wallace (EUA) 2', John Souza (EUA-pênalti) 3',
Cremaschi (CHI) 9', Prieto (CHI) 15' e Cremaschi (CHI) 37' do 2º.
COLOCAÇÃO PG J V E D GP GC SG
  ESPANHA
6 3 3 0 0 6 1  5
  INGLATERRA
2 3 1 0 2 2 2  0
  CHILE
2 3 1 0 2 5 6 -1
  EUA
2 3 1 0 2 4 8 -4
.
GRUPO 3
Itália Paraguai Suécia
25/06/1950 - Domingo
SUÉCIA  3x2  ITÁLIA
Local: Pacaembu (São Paulo); Público: 36.000;
Árbitro: Jean Lutz (SUI); Gols: Carapellese (ITA) 7', Jeppsson (SUE) 25' e
Andersson (SUE) 33' do 1º; Jeppsson (SUE) 23' e Muccinelli (ITA) 30' do 2º;
29/06/1950 - Quinta-feira
PARAGUAI  2x2  SUÉCIA
Local: Durival de Brito (Curitiba); Público: 8.000;
Árbitro: Robert Mitchell (ESC); Gols: Sundqvist (SUE) 24', Palmer (SUE) 26'
e Atilio López (PAR) 32' do 1º; Cesar López (PAR) 44' do 2º.
02/07/1950 - Domingo
ITÁLIA  2x0  PARAGUAI
Local: Pacaembu (São Paulo);
Público: 26.000; Árbitro: Arthur Ellis (ING);
Gols: Carapellese (ITA) 12' do 1º; e Pandolfini (ITA) 17' do 2º.
COLOCAÇÃO PG J V E D GP GC SG
  SUÉCIA
3 2 1 1 0 5 4  1
  ITÁLIA
2 2 1 0 1 4 3  1
  PARAGUAI
1 2 0 1 1 2 4 -2
.
GRUPO 4
Bolívia Uruguai
02/07/1950 - Domingo
URUGUAI  8x0  BOLÍVIA
Local: Independência (Belo Horizonte); Público: 6.000;
Árbitro: George Reader (ING); Gols: Miguez 14', Vidal 18', Schiaffino 23' e
Miguez 45' do 1º; Miguez 11', Schiaffino 14', Perez 28' e Ghiggia 38' do 2º.
COLOCAÇÃO PG J V E D GP GC SG
  URUGUAI
2 1 1 0 0 8 0  8
  BOLÍVIA
0 1 0 0 1 0 8 -8
.
FASE FINAL
09/07/1950 - Domingo
BRASIL  7x1  SUÉCIA
Local: Maracanã (Rio de Janeiro); Público: 139.000;
Árbitro: Arthur Ellis (ING); Gols: Ademir (BRA) 17', Ademir (BRA) 36' e
Chico (BRA) 39' do 1º; Ademir (BRA) 7', Ademir (BRA) 13',
Andersson (SUE-pênalti) 22', Maneca (BRA) 40' e Chico (BRA) 43' do 2º.
URUGUAI  2x2  ESPANHA
Local: Pacaembu (São Paulo); Público: 45.000;
Árbitro: Benjamin Griffiths (GAL); Gols: Ghiggia (URU) 29',
Basora (ESP) 32' e Basora (ESP) 39' do 1º; Varela (URU) 28' do 2º.
13/07/1950 - Quinta-feira
BRASIL  6x1  ESPANHA
Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Público: 153.000; Árbitro: Reginald Leafe (ING);
Gols: Ademir (BRA) 15', Jair (BRA) 21' e Chico (BRA) 31' do 1º;
Ademir (BRA) 12', Zizinho (BRA) 22' e Igoa (ESP) 26' do 2º.
SUÉCIA  2x3  URUGUAI
Local: Pacaembu (São Paulo); Público: 8.000;
Árbitro: Giovanni Galeati (ITA); Gols: Palmer (SUE) 5', Ghiggia (URU) 39'
e Sundqvist (SUE) 40' do 1º; Miguez (URU) 32' e Miguez (URU) 40' do 2º.
16/07/1950 - Domingo
ESPANHA  1x3  SUÉCIA
Local: Pacaembu (São Paulo); Público: 11.000;
Árbitro: Karen Van Der Meer (HOL); Gols: Sundqvist (SUE) 15' e
Mellberg (SUE) 33' do 1º; Palmer (SUE) 35' e Zarra (ESP) 37' do 2º.
FINAL
16/07/1950 - Domingo
URUGUAI  2x1  BRASIL
Local: Maracanã (Rio de Janeiro); Público: 174.000;
Árbitro: George Reader (ING); Gols: Friaça (BRA) 2',
Schiaffino (URU) 21' e Ghiggia (URU) 34' do 2º.
Uruguai: Máspoli, González, Tejera, Gambetta,
Obdulio Varela, Andrade, Ghiggia, Pérez, Miguez,
Schiaffino e Morán. Técnico: Ivan López.
Brasil: Barbosa, Augusto, Juvenal, Bauer, Danilo,
Bigode, Friaça, Ademir de Menezes, Zizinho,
Jair da Rosa e Chico. Técnico: Flávio Costa.
http://www.bolanaarea.com/copa_do_mundo_1950_tabela.htm.

Postagens mais visitadas deste blog

Canções para TFM

DEMÔNIOS CAMUFLADOS DEMÔNIOS CAMUFLADOS VÃO SAIR DA ESCURIDÃO,
SENTINELA ENSANGUENTADO VAI ROLANDO PELO CHÃO,
E PERGUNTEM DE ONDE VENHO, VENHO DA ESCURIDÃO,
TRAGO A MORTE, O DESESPERO E A TOTAL DESTRUIÇÃO.
ARMADILHAS CAMUFLADAS, ACIONADORES DE TRAÇÃO,
QUEM VIER ATRAS DE MIM SÓ VAI OUVIR A EXPLOSÃO(CABUM)
SANGUE FRIO EM MINHAS VEIAS CONGELOU MEU CORAÇÃO
NÓS GOSTAMOS DE EXPLOSIVOS NOSSO LEMA É VIBRAÇÃO.
QUEM ÉS TU? QUEM ÉS TU?
QUE DESCE DO CÉU!
COM ASAS DE PRATA POR SOBE O BRASIL!
GUERREIRO ALADO, QUE NÃO SENTE DOR!
PARAQUEDISTA, COMANF, MERGULHADOR!
A SUA MISSÃO É DESTRUIR
A TROPA INIMIGA QUE TENTA INVADIR

CORRIDINHA MIXURUCA CORRIDINHA MIXURUCA,
QUE NÃO DÁ NEM PARA CANÇAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO,
VOLTA AO MUNDO EU VOU DAR.
NESSE PASSO, NESSE PASSO
TODOS JUNTOS VÃO CHEGAR.
E SE ALGUÉM NÃO AGUENTAR,
EU VOU TER QUE ARRASTAR.
E SE O ARRASTO ME MATAR, PODES CRER TU VAI FICA
VAI FICAR NA MÃO DE OUTRO – ATÉ EU ME RECUPERAR.
POIS NESSE PASSO, NESSE PASSO,
MESMO MORTO VOU TE BUSCAR.




SALTITANDO, SALTI…

Canções Militares para o TFM.

Essas canções são usadas durante o Treinamento Físico Militar nas Forças Armadas, das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares.
Demônios Camuflados Demônios camuflados vão sair da escuridão,
sentinela ensanguentado vai rolando pelo chão,
e perguntem de onde venho, venho da escuridão,
trago a morte, o desespero e a total destruição.
Armadilhas camufladas, acionadores de tração,
Quem vier atras de mim só vai ouvir a explosão(Cabum)
Sangue frio em minhas veias congelou meu coração
Nós gostamos de explosivos nosso lema é vibração.
Quem és Tu? Quem és tu?
Que desce do céu!
Com asas de prata por sobe o Brasil!
Guerreiro alado, que não sente dor!
Paraquedista, Comanf, Mergulhador!
A sua missão é destruir
A tropa inimiga que tenta invadir

Corridinha Mixuruca Corridinha mixuruca,
que não dá nem para cançar.
Nesse passo, nesse passo,
Volta ao mundo eu vou dar.
Nesse passo, nesse passo
Todos juntos vão chegar.
E se alguém não aguentar,
Eu vou ter que arrastar.
E se o arrasto me matar, podes c…

Termodinâmica

Termodinâmica